Pular para o conteúdo
Eleições OAB/AC

Em disputa acirrada, Rodrigo Aiache é eleito o novo presidente da OAB/AC

Foram 802 votos conquistados, de acordo com apuração encerrada na noite desta sexta-feira, 19, em uma disputa acirrada, com o atual presidente da OAB/AC, Erick Venâncio, que obteve 690 votos

Após 14 anos de liderança do grupo descendente do advogado Florindo Poersh, o advogado Rodrigo Aiache Cordeiro, de 41 anos, foi eleito novo presidente da OAB/AC para o triênio 2022-2024. Ele conquistou 802 votos válidos, de acordo com apuração encerrada na noite desta sexta-feira, 19, em uma disputa acirrada e histórica, com o atual presidente da OAB/AC, Erick Venâncio, que obteve 690 votos. No total, foram 2.223 votos, 13 nulos, 11 brancos e 736 abstenções.

Graduado em Direito pela Universidade Federal do Acre, Aiache é mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e especialista em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É autor das obras “Princípios Constitucionais Tributários” e “Poder Econômico e Livre Concorrência”. Advogado desde 2005, Rodrigo Aiache já atuou na Comissão de Direitos Humanos da OAB/AC, foi presidente da Escola Superior de Advocacia (ESA), vice-presidente e presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Acre (CAA/AC).

A vice Socorro Rodrigues, Rodrigo Aiache e a advogada Laura Julião, que lideraram a chapa 7

Segundo ele, sua candidatura “nasceu da vontade de um grande grupo que sonha com mudanças e dias de mais valorização à classe dos advogados, de forma horizontal e coletiva, e ela tem sido construída com a ajuda de muitas e competentes mãos, de modo que hoje temos uma adesão surpreendente, emanada de uma classe que almeja mudanças efetivas no jeito de se pensar a organização da classe”.

Agora eleito presidente ao lado da vice, Socorro Rodrigues, Aiache agradeceu, “primeiramente a Deus” e aos os colegas que acreditaram nas propostas da chapa 7, “Muitas vozes, uma só OAB”, e os elegeu. Ao lado do atual presidente Erick Venâncio, ele parabenizou os integrantes da chapa 10 e pediu “perdão” por “qualquer excesso” que tenham cometido durante a campanha.

“Eu queria pedir desculpas publicamente…Com certeza, nós cometemos muitos excessos, e isso não precisava ter acontecido. Temos que nos unir, e eu sempre disse que essa era uma eleição entre colegas. Hoje, acabou a eleição e, a partir da amanhã, a vida continua. Somos todos advogados”, destacou o presidente eleito, pedindo ajuda de Erick Venâncio para “reconstrução das cicatrizes” que ficaram, após a campanha.

Erick desejou sucesso ao colega e que Aiache tenha uma equipe tão leal e comprometida como a que ele teve durante sua gestão.

Aiache pediu desculpas, publicamente, pelos “excessos”, segundo ele, cometidos na campanha

A votação também elegeu nova gestão para a Subseção da Ordem sediada em Cruzeiro do Sul. Com 49 votos válidos, a chapa 10 foi eleita no Juruá, e agora os advogados Ocilene Alencar, como presidente, e Marcus Paulo, como vice, comandarão o próximo triênio 2022-2024 na Subseção. Houve um voto nulo, nenhum voto branco e 13 abstenções.

Chapa 10 venceu na Subseção do Juruá