Pular para o conteúdo
surto

Número de infectados por Covid-19 após festa de alunos da Ufac sobe para 28

Devido ao surto da doença, as aulas presenciais do curso de Medicina foram suspensas por uma semana. Em nota, a coordenação do curso destacou que os casos não são graves

Até o momento, 28 casos de Covid-19 foram confirmados entre alunos e convidados, após a realização de uma festa no último fim de semana entre alunos do curso de Medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac), em Rio Branco. A informação foi confirmada pelo médico e professor Thor Dantas, via rede social twitter, nesta segunda-feira, 15.

De acordo com o médico, foram 300 pessoas testadas, entre alunos e contatos. Dos 28 casos positivos, 25 são alunos (19 da mesma turma), quatro alunos convidados e outros dois alunos que não estiveram no evento (um retornando de viagem). Além disso, há mais três casos entre convidados do evento.

Devido ao surto da doença, as aulas presenciais do curso de medicina foram suspensas por uma semana. Em nota, a coordenação do curso destacou que os casos não são graves.

Veja a nota abaixo na íntegra:

Nota da coordenação de medicina

A coordenação do Curso de Medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac) esclarece a toda comunidade que tem ciência a respeito do surto de Covid-19, ocorrido em relação a uma festa promovida pelos discentes do curso.

Tratou-se de evento não oficial, organizado pelos próprios alunos. Foram identificados 19 casos entre os alunos, nenhum caso grave e não há, até esse momento, ninguém hospitalizado. Todos os discentes estão com seu ciclo vacinal completo, ou seja, vacinados com duas doses. Ontem, 12, testamos boa parte do nosso corpo discente, com resultados negativos.

Até o presente momento, não houve nenhum caso secundário relacionado às atividades educacionais e/ou assistenciais do curso, demonstrando a efetividade de todos os cuidados e protocolos de biossegurança adotados no retorno gradual de algumas atividades de ensino presenciais na instituição.

As atividades presenciais foram interrompidas por uma semana, até que finalizemos a testagem de todo o curso.

Estamos também procurando conscientizar a comunidade acadêmica do fato de que a pandemia ainda persiste entre nós, e da responsabilidade que possuímos, enquanto promotores da saúde e da ciência no Estado do Acre.

Fátima Fagundes

Coordenadora do Curso de Medicina da Ufac