Pular para o conteúdo
Crise hídrica

Situação crítica: Rio Acre apresenta a segunda menor cota dos últimos 21 anos

Segundo Defesa Civil, desde 2000 que não era registrada uma cota igual a essa para o início do mês de novembro. O único ano que superou 2021 foi 2016, quando Rio Branco enfrentou a pior seca de toda a história do município

De acordo com a Defesa Civil Municipal, o Rio Acre registra a segunda menor cota dos últimos 21 anos. Em Rio Branco, o nível do manancial alcançou 1,94 metros, na manhã desta quinta-feira, 4. Situação crítica, segundo o coordenador do órgão de defesa na capital, Major Claudio Falcão.

“Desde 2000 que não tínhamos uma cota igual a essa para o início do mês de novembro. O único ano que superou 2021 foi 2016, onde tivemos a pior seca de toda a história do município. As chuvas que ocorreram foram no mês de outubro, até um pouco mais que o esperado, porém não foi o suficiente para recuperar todo período de seca que tivemos em julho, agosto e setembro deste ano”, destacou Falcão.

O coordenador também ressaltou que estamos com 42 milímetros de chuvas acumuladas. “Um bom índice, mas esperamos mais de 200 milímetros para o mês de novembro. Mesmo continuando com as chuvas não temos uma expectativa de sair dessa crise hídrica até o final da primeira quinzena deste mês”, finalizou.

Leia também: Temporais e chegada de frente fria: confira a previsão para primeira semana de novembro