Pular para o conteúdo
previsão de enchente

Rio Acre pode alcançar a cota de 16 metros no início de 2022, alerta Defesa Civil

Se a previsão se confirmar, ultrapassando a cota de transbordamento, que é de 14 metros, cerca de 29 bairros da capital poderão ser atingidos pelas águas do manancial

Mais de 4 mil famílias, cerca de 20 mil pessoas, podem ficar desabrigadas, de acordo com levantamento da Defesa Civil (Foto: Dell Pinheiro) 

O Rio Acre registrou a cota de 5,02 metros, na manhã desta quinta-feira, 25, na capital acreana. Segundo a Defesa Civil Municipal, com as chuvas intensas durante esse período, a previsão é que o nível do manancial alcance 16 metros no início de 2022. No mesmo período do ano passado, o rio atingiu 1,77 metros e alcançou 15,80 metros em fevereiro deste ano, deixando centenas de famílias desabrigadas em Rio Branco.

Se a previsão de elevação do nível do Rio Acre se confirmar e ultrapassar a cota de transbordamento, que é de 14 metros, de 24 a 29 bairros da capital poderão ser atingidos pelas águas do Rio Acre. Mais de quatro mil famílias, cerca de 20 mil pessoas, podem ficar desabrigadas, de acordo com levantamento da Defesa Civil. O órgão anunciou, na semana passada, que iniciou a trabalhar em um plano de contingência.

Rio Acre, no centro de Rio Branco, durante a cheia de 2015  (Foto: Dell Pinheiro)

“Nosso principal serviço a partir de agora é nos reunirmos com todas as secretárias municipais e com o prefeito Tião Bocalom para informar de todas as situações que podemos passar no início de 2022; apresentar o nosso plano de contingência. Já estamos com uma cota elevada neste momento. A previsão é de muita chuva”, disse o coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, Major Cláudio Falcão.

Ele também comentou sobre o trabalho que será desenvolvido pelo órgão de Defesa. “A partir do aumento da cota já tomaremos outras providências, que é visitar todos os bairros, conversar com as pessoas e mapear os que precisam ser retirados dos locais atingidos pela possível enchente. Quando o rio chegar na cota de 12 metros, já começaremos com a construção de abrigos públicos e também a utilização de escolas que servirão para alojar famílias atingidas pela cheia”, concluiu Falcão.

O Rio Acre registrou a cota de 5,02 metros, na manhã desta quinta-feira, 25, em Rio Branco. (Foto: Dell Pinheiro)

Leia também: Defesa Civil da Capital já prepara plano de contingência contra possível grande enchente em 2022