Pular para o conteúdo
SEGUE NA UTI

Família do vice-governador Major Rocha avalia transferência para tratamento em outro Estado

Assessoria informou que o quadro de saúde do vice-governador é estável e que os procedimentos médicos tem como foco acelerar o processo de recuperação

Segundo informações da assessoria do vice-governador do Acre, major Wherles Rocha, o quadro de saúde dele é estável e apresentou sinais de melhora, na manhã desta terça-feira, 28. Na segunda-feira, 27, Rocha foi internado, na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), do hospital Santa Juliana, após complicações de uma cirugia para retirada da vesícula, realizada no domingo, 26. Anteriormente, ele já havia sido submetido a cirurgia bariátrica.

Sobre a transferência de Rocha para outra cidade, possivelmente São Paulo, para continuar o tratamento de recuperação, a assessoria ressaltou que o procedimento ainda está sendo avaliado com a equipe médica. “Ele está melhor. Quanto à remoção aérea, estamos avaliando a necessidade, juntamente com os médicos e a família”, disse Isaque Félix Ximenes, 2º tenente da Policia Militar, e ajudante de ordem do vice-governador.

Em uma nota, publicada na segunda-feira, a assessoria informou que os procedimentos médicos feitos no tratamento do vice-governador tem como foco acelerar o seu processo de recuperação.

“O paciente Wherles Fernandes Rocha apresentou inflamação grave da vesícula biliar, que evoluiu com perfuração espontânea da mesma. De comum acordo com o paciente e sua esposa foi optado por abordagem de urgência, quando os exames laboratoriais e de imagem indicaram piora do quadro”, disse o médico José Ricarte.

Ele também salientou que foi feita uma videolaparoscopia para retirada da vesícula e drenagem da cavidade abdominal, e que seu quadro atual de saúde não tem relação com o procedimento de cirurgia bariátrica realizado no dia 25 deste mês, sendo descartada qualquer complicação do primeiro procedimento”, concluiu.