Pular para o conteúdo
Em Rio Branco

“Trazer alegria para os olhos dos acreanos”, diz secretário de infraestrutura sobre repaginação do Parque da Maternidade

Tons de azul foram escolhidos pensando na população autista e mais quatro arcos devem receber mosaicos de outras cores, como laranja e amarelo

Projeto vai pintar mosaicos com diferentes cores em cinco portais do Parque da Maternidade, até o final do ano. (Imagem: Seinfra)

Após a polêmica sobre a pintura de um dos portais do Canal da Maternidade, em Rio Branco, o secretário de Estado da Infraestrutura e Desenvolvimento, Cirleudo Costa, afirmou que os tons de azul são uma homenagem à população autista. Nesta sexta-feira,3, ele negou qualquer tom político na escolha das cores e afirma que ação faz parte de uma série de serviços de repaginação do Parque e que mais quatro portais serão pintados com mosaicos alusivos a outros temas.

Pintura começou na última quinta-feira,2, no portal em frente ao Terminal Urbano. (Foto: Dell Pinheiro)

No perfil do site A Gazeta do Acre, no Instagram , a pintura virou piada e motivo de indignação pela maioria dos internautas. “A ideia é incluir as pessoas, pois passamos por um ano muito difícil, um ano de perdas, então o governador quer trazer alegria”, responde o secretário.

Projetados pelo arquiteto Mauro Patrick, as pinturas dos arcos foram pensadas a partir de um pedido do governador Gladson Cameli de “trazer alegria” para o local. Cirleudo Costa explica que para as pessoas autistas, a cor azul estimula o sentimento de calma e por isso foram escolhidas para uma das pinturas. Outro arco levará tons de amarelo e laranja, pensando nas crianças.

Tons de laranja e amarelo foram escolhidos ao pensar no olhar das crianças. (Imagem: Seinfra)

“O laranja e amarelo traz calma e harmonia para o olhar de uma criança, então este arco vai valorizar e incluir as crianças. Cada um será de uma cor, tem um que eleva as crianças, outro a melhor idade, etc . São cores alegres que a gente está fazendo para terminar o ano e fazer uma interação entre final de ano e Natal. Para que a gente possa trazer alegria para os olhos dos acreanos, dos cidadãos de Rio Branco. Não é uma questão partidária”, afirma o secretário.

Ressignificação do Parque da Maternidade

Quase R$2 milhões foram investidos em setembro deste ano para reformar o Parque. O espaço é de responsabilidade da Prefeitura de Rio Branco, mas um convênio foi firmado entre o Governo para a manutenção da região. (Foto: Jean Lopes)

Em setembro, o secretário afirmou que a Seinfra havia começado uma reforma por todo o Parque da Maternidade, com um investimento de quase R$ 2 milhões. Nesta sexta, ele explicou que as pinturas são apenas uma parte das mudanças do espaço, que vai do Terminal Urbano até o Skate Park. “ Precisamos resgatar esse instrumento público que é tão importante para o município de Rio Branco”, afirma.

Dentro da reforma está previsto a repavimentação de todo o trecho do Parque, além da limpeza, jardinagem, reposição das lâmpadas e substituição de postes. A Seinfra também pretende levar parte dos comerciantes da Economia Solidária.

“As pinturas surgem em um contexto de ressignificação do Parque. O governador Gladson Cameli quer fazer do Canal um lugar inclusivo, em que a gente possa voltar a fazer ele funcionar. Hoje ele está escuro e com as pistas de ciclismo danificadas. Nós vamos fazer a inclusão das pessoas e de toda cidade de Rio Branco”, explica.

Obras devem ser encerradas até o final do ano, antes do Natal. (Foto: Dell Pinheiro)

O Parque da Maternidade

Inaugurado em 28 de setembro de 2002, durante o governo Jorge Viana, o Parque da Maternidade é uma das obras públicas mais importantes de Rio Branco, que integra inúmeros bairros à região central, com uma área institucional composta por seis lotes que totalizam 322.874 metros quadrados e uma extensão de sete quilômetros, são mais de 300 metros quadrados de extensão.

O parque possui biblioteca, quadras esportivas, espaços gastronômicos e uma concha acústica usada para eventos culturais, como ponto de encontro e até para aulas gratuitas de aeróbica. O local também é usado para competições de modalidades esportivas como ciclismo, além de servir como espaço de lazer para os moradores da capital.

Leia também: Pintura xadrez no Parque da Maternidade gera polêmica em Rio Branco