Pular para o conteúdo
violência

Morre homem que defendeu a esposa de estupro ao ter a casa invadida na comunidade Ribeirinha do Purus

O acusado está preso desde a madrugada de terça-feira, 12, após ser capturado no município de Sena Madureira.

Francisco da Silva Amorim, 57 anos, não resistiu aos graves ferimentos e faleceu na terça-feira, 13. Ele foi agredido após ter a casa invadida durante a madrugada por um homem que tentou estuprar sua esposa.

O caso aconteceu na Comunidade Ribeirinha do Purus na madrugada de segunda-feira, 11. Antes atacar o casal, o acusado, Jarles Oliveira da Silva, 32 anos, também conhecido como ‘Monstro do Purus’, já havia matado a golpes de terçado um idoso de 72 anos em uma comunidade próxima.



Natural de Rio Branco, Francisco chegou a ser levado ao hospital de Sena Madureira e seria transferido para a capital, mas não resistiu aos graves ferimentos de pauladas desferidas em sua cabeça. Segundo familiares, o corpo está sendo velado na Capela Esperança no município.

O acusado está preso desde a madrugada de terça-feira, 12, após ser capturado no município de Sena Madureira.

error: Conteúdo protegido!!!