Acre registra mais de 10 mortes violentas na primeira semana de agosto – Jornal A Gazeta

Acre registra mais de 10 mortes violentas na primeira semana de agosto

Homens foram vítimas de mortes violentas na primeira semana de agosto (Foto/ Reprodução Rede Amazônica Acre e Arquivo pessoal)

O estado do Acre já contabiliza ao menos 11 mortes violentas na primeira semana do mês de agosto. As mortes foram registradas em Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Tarauacá.

Somente no primeiro dia do mês foram registradas sete mortes, sendo cinco em Rio Branco e outras duas em Cruzeiro do Sul.

No dia 1º de agosto, Paulo Ricardo de Araújo foi morto em uma rotatória do bairro Conquista. A vítima estava dentro de um carro e foi atingida ao menos quatro vezes. Um passageiro que estava no carro também foi atingido e levado para o hospital

O segundo ataque ocorreu no bairro Seis de Agosto. No local, Mateus Pereira Marcolino, de 18 anos, foi assassinado e um amigo ficou ferido.

Em seguida, o jovem Rafael Ferreira de Souza, de 23 anos, foi morto no bairro Rui Lino. Uma outra pessoa ficou ferida.

A Polícia Civil prendeu o jovem Robson do Nascimento Magalhães, de 18 anos, suspeito de matar Araújo, Marcolino e Souza. Magalhães negou os crimes e falou que não sai de casa.

Depois, Rodinei Rodrigues Cavalcante foi morto na Rua Francisco Mangabeira, bairro Aviário. Duas pessoas ficaram feridas. Segundo a Polícia Civil, o crime é investigado como latrocínio.

Em Cruzeiro do Sul, no dia primeiro de agosto, o corpo do diarista Francisco das Chagas Oliveira, de 31 anos, foi achado sem a cabeça. O caso ocorreu em um campo na comunidade Paraná do Pentecostes, na zona rural de Cruzeiro do Sul.

A cabeça do diarista foi achada na sexta-feira, 3, na BR-307, na comunidade Japãozinho, em Cruzeiro do Sul.

O adolescente Geovane Oliveira, de 15 anos, morreu após bandidos e policiais militares entrarem em confronto e trocarem tiros no bairro da Lagoa, em Cruzeiro do Sul. De acordo com a polícia, ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital.

No segundo dia do mês, pescadores de Cruzeiro do Sul encontraram um corpo de um homem boiando no Rio Juruá, próximo à ponte da União. De acordo com a polícia, o homem foi morto a tiros e golpes de facão, além de ter tido a orelha direita arrancada.

Já no dia na sexta-feira, 3, o jovem Fabiano Sales da Silva, de 27 anos, foi alvejado por tiros no bairro da Paz, em Rio Branco. Silva ainda tentou correr, mas caiu alvejado no quintal de uma casa no bairro.

Em Cruzeiro do Sul, José Francisco Rocha, de 31 anos, foi morto com dois tiros no bairro João Alves. Um amigo que estava com ele também foi atingido, mas não corre risco de morrer.

No sábado, 4, crianças encontraram o corpo de um homem enquanto brincavam em um terreno na cidade de Mâncio Lima, no interior do Acre. Segundo a polícia, o homem teve a cabeça destruída e pode ser que tenha também perfurações de arma branca pelo corpo.

Já no domingo, 5, um homem foi achado morto às margens do rio, em Tarauacá, interior do Acre, com uma faca cravada nas costas. A Polícia Militar do Acre foi quem encontrou o corpo da vítima identificada como Antônio Francisco dos Santos Silva, de 24 anos.

Assuntos desta notícia