Acreana faz sucesso vendendo batom líquido e hidratante caseiro – Jornal A Gazeta

Acreana faz sucesso vendendo batom líquido e hidratante caseiro

Após perceber a pouca oferta de um tipo de batom líquido, conhecido como lip tint, no comércio da capital acreana, a estudante Priscila Poersch, 27 anos, decidiu fabricar o seu próprio produto.

“Pesquisei na internet, testei, dei para algumas amigas e para minha mãe, até que chegou uma hora que encontrei a fórmula certa. E aí começaram a me perguntar por que eu não vendia, eu sempre andava com um na bolsa e acabava vendendo”.

Em pouco tempo, o “Lip Tin da Pri”, criado para consumo próprio, virou febre entre as mulheres na capital acreana.

Nas redes sociais, o produto é comentado pelas principais digitais influencers do Acre. A procura foi tão grande que a jovem precisou criar uma página no Instagram para divulgar seu produto.

“Todos os dias eu vendo mais ou menos uns 10 batons. Já vendi para meninas de Tarauacá, Feijó, para o Sul do Brasil. Todo mundo ama! Tem muita gente me procurando pra comprar”.

Estudante de farmácia, Poersch conta que também produz bruma hidratante, produto que refresca, ilumina e hidrata a pele. Tanto o batom líquido quanto a bruma são antialérgicos, garante a jovem.

“Antes de fazer pesquisei sobre tudo e é seguro, sim. Já vendi até para grávidas e nunca tiveram reações alérgicas. Estou vendendo a mais ou menos dois meses e nunca recebi nenhuma reclamação”.

Custo-benefício

A principal diferença entre o batom líquido caseiro e o vendido pelas grandes marcas é o custo-benefício. O lit tint fabricado pela acreana custa R$ 15 enquanto no mercado de cosméticos esse valor pode chegar a R$ 170.

Outra diferença, segundo Poersch, é a durabilidade e o cheiro do produto. “Dura muito, depende da pessoa e de como vai ser usado, mas em geral dura bastante. Alguns que vendem no mercado, além de não durar, tem cheiro ruim”.

O preço da bruma hidratante também é menor do que o praticado pelo comércio em geral. A estudante vende a bruma por R$ 12, sendo que o valor cobrado por grandes marcas pode chegar a R$ 100.

As interessadas em conhecer os produtos da jovem podem acessar o Instagram “Mimos da Poersch”. A loja online envia para todo o Brasil.

 

Assuntos desta notícia