Alan Rick agradece votos e diz que a defesa da vida e da Família na Câmara dos Deputados é sua prioridade – Jornal A Gazeta

Alan Rick agradece votos e diz que a defesa da vida e da Família na Câmara dos Deputados é sua prioridade

Reeleito com 22.263 votos, terceiro mais votado no Estado e segundo mais votado em Rio Branco, o deputado federal Alan Rick (DEM) fez questão de destacar nesta segunda-feira, 8, que sua luta em defesa da Vida, da Família, por um Acre produtivo e seguro e um Brasil mais justo continuará nos próximos quatro anos na Câmara dos Deputados.

Alan Rick faz questão de agradecer o apoio recebido ao longo da campanha, destacando que sua atuação parlamentar foi fundamental para que o mandato alcançasse uma dimensão estadual, com boa votação em todos os municípios.

“Não conseguiríamos isso sozinhos. Tivemos a ajuda de muitas pessoas como nossos candidatos a deputado estadual, colaboradores do mandato, pastores, líderes evangélicos e católicos, nossa equipe do Democratas, nosso coordenador de campanha Raphael Bastos, o Secretário Geral, Paulo Ximenes, lideranças em Sena Madureira, Cruzeiro do Sul, Plácido de Castro, Tarauacá, Feijó, Porto Acre, Santa Rosa, Senador Guiomard, Brasiléia, Epitaciolândia, Acrelândia e demais municípios. Nossa equipe que esteve nas ruas pedindo votos todos os dias, mas não posso esquecer que devo, mais uma vez, esse mandato ao Senhor. E na Câmara, vou continuar trabalhando em prol do crescimento e desenvolvimento econômico do Estado, investimentos em Segurança, Saúde e Educação para melhorar qualidade do serviço prestado à população, além da nossa luta permanente por recursos para o Estado.

A defesa dos valores da Vida e da Família são pilares do deputado, que é cristão e membro de uma igreja evangélica desde a infância. No primeiro mandato, Alan se posicionou duro em Brasília, junto com a bancada evangélica, contra os avanços da esquerda em temas que ferem os princípios bíblicos, como o aborto, liberação das drogas e a erotização das crianças.

Durante a campanha, em entrevista a um blog local, Alan fez questão de enfatizar a importância desse debate na próxima legislatura. “A esquerda brasileira liderada pelo PT, busca a todo custo erotizar nossas crianças. Tentaram emplacar a ideologia de gênero nos Planos de Educação. Consideram arte peças com homens nus interagindo com crianças. Odeiam os cristãos que se levantam contra essas perversidades. São de autoria de petistas e comunistas projetos como o PL 5.002/13 que orienta crianças a fazerem a cirurgia de mudança de sexo mesmo contra a vontade dos pais e ainda permite que essas crianças processem os pais que se opuserem. Não podemos permitir o avanço dessas atrocidades”.

 

Assuntos desta notícia