Alto preço dos ovos de Páscoa deve influenciar nas vendas este ano, diz Fecomércio – Jornal A Gazeta

Alto preço dos ovos de Páscoa deve influenciar nas vendas este ano, diz Fecomércio

FOTO/ QUÉSIA MELO

Faltando poucos dias para a Páscoa, celebrada este ano no domingo, 21, a venda de ovos de chocolate ainda é tímida. O colorido dos ovos de páscoa chama atenção nos principais supermercados de Rio Branco, mas os preços pouco atrativos desanimam quem quer comprar o produto.

É o que mostra a pesquisa realizada pela Federação do Comércio do Acre (Fecomércio/AC). O assessor da presidência do órgão, Egídio Garó, destaca que o número de consumidores dispostos a gastar com a Páscoa diminuiu este ano.

“No ano passado, 68% tinham essa intenção contra 42% neste ano. De todos os entrevistados, a preferência pela aquisição de ovos de páscoa é de 29%, seguida de produtos achocolatados”, afirma.

Assim como o ano anterior, a preferência dos consumidores deve ser com outros gastos como, por exemplo, carnes para churrasco.

“Esse fenômeno reflete o alto preço dos ovos de páscoa praticados em todo o País neste ano. As compras de tais produtos estarão concentradas em supermercados e shopping, na maioria das vezes, estando o consumidor optando por gastar entre R$ 100 e R$ 200.”

Além do alto preço, a redução nas vendas dos ovos de chocolate está associada à quantidade de contas pendentes entre os meses de janeiro e março. A pesquisa aponta que 48% dos entrevistados não quitaram suas dívidas.

Por outro lado, as grandes marcas de chocolate esperam a retomada do consumo de chocolate e ovos de Páscoa este ano. A Nestlé, por exemplo, apostou no lançamento de novas linhas voltadas para o chocolate gourmet.

De acordo com estudo realizado pela empresa de inteligência de mercado Nielsen, o mercado de chocolates registrou crescimento de 5,5% em 2018 e, somente no período da Páscoa, avançou 3,8% sobre igual período do ano anterior.

Ovos caseiros

Uma alternativa para quem quer economizar nesta Páscoa são os ovos caseiros. As opções são inúmeras e a economia pode chegar a 50%, se comparado aos valores cobrados pelos chocolates vendidos no supermercado.

Quem optou por presentear com ovos caseiros foi a autônoma Selma Lopes. Ela conta que após pesquisar os preços, decidiu encomendar com uma colega de trabalho o ovo de páscoa da neta.

“O ovo mais simples com brinde que encontrei era mais de R$ 50. Pra não deixar de presentear essa Páscoa, eu decidi comprar o ovo caseiro que saiu por R$ 20. Mesmo sem o brinde acho que ela vai gostar. Toda criança gosta de ganhar chocolate”, contou.

Assuntos desta notícia