Após 5 dias sumida, deficiente mental é encontrada pelo pai em ramal de Rio Branco – Jornal A Gazeta

Após 5 dias sumida, deficiente mental é encontrada pelo pai em ramal de Rio Branco

A jovem Eveliny Marques, de 15 anos, foi encontrada pela família nesta quarta-feira, 21, após cinco dias desaparecida. Ao G1, o pai da adolescente, Rubens Andrade, disse que a filha foi levada por um rapaz para uma casa em um ramal na Estrada Transacreana, zona rural de Rio Branco. O suspeito está foragido.

Eveliny sumiu de casa, no bairro Triângulo Velho, na tarde da sexta, 16. A família recebeu informação do paradeiro da menina pela mãe do rapaz que a levou. O suspeito chegou na residência da mãe dele e apresentou a adolescente como esposa.

“Recebemos uma denúncia da mãe do cidadão. O cara chegou lá dizendo que era mulher dele, mas a mãe dele tinha visto as notícias nos jornais e desconfiou. Ela ligou para o Ciosp. Chamamos a polícia e fomos lá. Andamos 10 quilômetros na lama para chegar lá”, contou o pai.

Ao perceber a chegada da polícia, o rapaz fugiu e Eveliny foi resgatada pelo pai. A família levou a jovem na manhã desta quinta, 22, para fazer exames no Instituto Médico Legal (IML). Andrade disse que está em contato com o serviço de Inteligência da Polícia Civil para encontrar o suspeito.

“Aparentemente está bem, mas estamos aqui no IML para saber se houve algum contato. Não sei quem é esse rapaz, mas dizem que ele saiu agora da pousada. Ele encontrou ela em uma parada de ônibus próximo da Ufac. A polícia está no caso. Estou mais aliviado”, finalizou Andrade.

 

Assuntos desta notícia