Arregaçar as mangas – Jornal A Gazeta

Arregaçar as mangas

O novo governador Gladson Cameli deu posse ontem, 2, aos novos secretários que vão compor a sua equipe. A cerimônia, realizada de forma direta e clássica nas escadarias do Palácio Rio Branco, foi marcada por grandes expectativas e pela esperança de dias melhores para o Acre.

O discurso na solenidade foi acertado. Devidamente empossados, os novos gestores agora assumem um compromisso, um bravo dever perante a toda a população acreana. Chegou o momento de eles saírem do discurso e arregaçarem de vez as mangas. Buscarem construir uma gestão estadual melhor, mais eficiente, diferenciada da anterior que tanto criticaram.

Só trabalho, muito trabalho será capaz de atender as expectativas depositadas pelo povo nos novos secretários, no novo governo. É através das ações precisas e de muito diálogo, paciência e disposição que as políticas públicas e as metodologias de trabalho da nova gestão começarão a se encaixar. A consequência natural disso será os bons resultados. Aqueles que a população espera e tanto precisa. E é certo cobrá-los em prazos não tão superiores a 120 dias.

Só falas não são suficientes para mudar, para encarar os problemas que batem à nossa porta. Formado por jovens ávidos por mostrar serviço, o novo secretariado agora tem pela frente o grande desafio de repensar o Acre, de serem os gestores que sairão dos gabinetes e “colocarão a mão na massa” em prol do Estado almejado por Cameli: seguro, não perseguidor, com olhar sensível para a saúde e que valoriza a educação.

Assuntos desta notícia