Bombeiros do Acre capacita 240 militares do Exército para combate a incêndios – Jornal A Gazeta

Bombeiros do Acre capacita 240 militares do Exército para combate a incêndios

O Corpo de Bombeiros do Acre realiza desde a última quarta-feira, 28, curso de capacitação para 240 militares do Exército que atuarão no combate aos incêndios florestais durante o período de estiagem, que tende a se intensificar de setembro. É justamente a partir do próximo mês que os membros das Forças Armadas devem reforçar o trabalho dos bombeiros acreanos.

A ação do Exército no Acre faz parte da operação Verde Brasil, desencadeada a partir do decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada, como resposta à pressão internacional por contas das queimadas na Amazônia.

O Acre foi um dos estados da Amazônia Legal que mais chamaram a atenção por conta da explosão no número de focos de queimada em agosto. Até ontem, 2.652 focos foram registrados em todo nos 28 dias do mês.

Os municípios campeões em incêndios são Feijó, Tarauacá, Sena Madureira e Manoel Urbano. Estes são municípios com grandes extensões de floresta intacta, cuja presença do fogo pode colocar em risco toda a sua biodiversidade.

Os militares do Exército estão recebendo orientações teóricas e práticas de combate a incêndios em vegetação e áreas de floresta. Na capital, as aulas teóricas ocorrem nas dependências do 4º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS). Já o combate prático ao fogo é feito dentro do Centro Integrado de Ensino da Segurança Pública (Ciegs).

Também recebem a capacitação militares das unidades do Exército em Cruzeiro do Sul e Epitaciolândia. Após a conclusão do curso, eles retornam para as suas respectivas bases, podendo ser convocados caso ocorra a necessidade. A previsão é que o treinamento seja finalizado no sábado, 31.

 

Assuntos desta notícia