Brasil pode ser Hexa, sim! – Jornal A Gazeta

Brasil pode ser Hexa, sim!

O  genial Neymar Júnior, que além de excepcional jogador é um príncipe em simpatia fora de campo, está fora da copa vítima de uma joelhada aparentemente intencional do zagueiro colombiano no finalzinho do jogo de ontem.

A conquista do Hexa, que em condições normais já era difícil, ganhou ares de dramaticidade com o desfalque do principal talento da equipe comandada por Felipão.

Mas as esperanças não morrem porque a equipe está consciente de que todos terão que dar um pouco mais em campo para suprir a irreparável ausência.

Fico com as palavras do também santista, Tri-campeão mundial e rei do futebol mundial Edson Arantes do Nascimento, o nosso brasileiríssimo Pelé:  Em 1962, na conquista do bi-mundial, o Pelé também ficou fora por contusão grave e Deus compensou o Brasil com aquele título.

Agora, em 2014, nossa oração é no sentido de que não seja diferente.

Que a ausência do Neymar em campo faça com que o estado de alerta da equipe seja ainda mais aguçado, e que a seleção conquiste o Hexa para dar alegria ao Neymar e a todo povo brasileiro.

Quanto ao atacante Fred, que tem deixado muito a desejar e tem sido duramente criticado, inclusive por mim, a certeza de que sua presença em campo tem dado sorte e segurança ao técnico Luiz Felipe Scolari, que decidiu mantê-lo em campo, mesmo quando o Brasil precisava mais se defender que fazer gols.

Deu certo até aqui, e com as bênçãos de Deus que é brasileiro, vai dar certo até o final.

Que os meninos do Felipão conquistem o Hexa e que o ano de 2014 entre para a história como um ano de conquistas e vitórias para todos nós.

Com Neymar, em visita ao Congresso Nacional, eu comemorei a conquista do Tri-campeonato da Libertadores pelo Santos em 2011. Espero que em 2014, todos juntos, comemoremos a conquista de mais um título importante para o melhor futebol do mundo, que é o do Brasil!

Mostra tua força Brasil! Prove que a sua capacidade está no conjunto e não apenas na individualidade do genial e mestre da alegria Neymar.

Pra cima dos alemães, Brasil!

* Aníbal Diniz é senador da República.

Assuntos desta notícia