Brasileiro Francimar Bodão é demitido do UFC com mais quatro lutadores – Jornal A Gazeta

Brasileiro Francimar Bodão é demitido do UFC com mais quatro lutadores

 

O Ultimate demitiu mais cinco lutadores de seu plantel. Entre os nomes está o do brasileiro Francimar Bodão, que fez nove combates na companhia e foi cortado após sofrer seu segundo revés consecutivo, em janeiro deste ano. Além dele, Kailin Curran, Bobby Nash, Dmitry Poberezhets e Galore Bofando foram os outros dispensados pela organização.

Bodão chegou ao UFC em agosto de 2013, quando venceu Ednaldo Lula. Ele manteve o bom início, alcançando três vitórias em seus primeiros quatro compromissos. Depois disso, foi finalizado por Nikita Krylov, teve um “No Contest” (luta sem resultado) contra Darren Stewart e bateu o próprio inglês na revanche, mas perdeu para Aleksander Rakic e Gian Villante em suas atuações mais recentes.

Bobby Nash, com três derrotas em três lutas, e Kailin Curran, que venceu apenas um de sete combates, eram demissões esperadas. Já a de Galore Bofando surpreendeu, já que o lutador estreou com um belo nocaute sobre Charlie Ward, depois foi nocauteado por Chad Laprise e não teve outra chance de pisar no octógono. Dmitry Poberezhets, por sua vez, sequer estreou no UFC. Ele teve duas lutas marcadas e foi removido de ambas por lesão.

Assuntos desta notícia