Luísa Lessa – Página: 10 – Jornal A Gazeta
  • A escola de hoje é dos diferentes e da diversidade

    Embora a escola de hoje seja o espaço “dos diferentes e da diversidade”, não deixa de ser o lugar onde se prepara os seres humanos para o viver em harmonia, ética, solidariedade. Não pode esse sagrado espaço permanecer, como hoje, um lugar de barbárie, onde...

  • Educar é preparar para a vida

    Fala-se muito em educação para o sucesso, todavia é mais importante ser feliz do que bem-sucedido. Embora a realização seja fundamental, quando chega sem felicidade é a pior forma de fracasso. Muitos pais querem definir para os filhos o que significa sucesso: ser empresário, ser...

  • Jovens de ontem e jovens de hoje

    O ser humano, na sua essência, é um ser cultural, desde o modo como arruma os cabelos ao jeito como fala. Carrega costumes que são cultivados e se transformam a cada geração. Sendo assim, o que deixa de ser cultivado tende a desaparecer ou, se...

  • Qual o poder da internet na vida das pessoas?

    A internet é um fenômeno que revoluciona a vida no mundo, transforma hábitos e costumes, todavia é uma indagação: ela aproxima ou afasta as pessoas umas das outras? Como são os lares de hoje e como eles eram no passado, sem a internet? São questões...

  • O Brasil das superstições e crendices

    Há, entre o povo brasileiro, uma mistura singular de superstições e crendices, a ponto de não se saber onde começa a crendice e ou a superstição. E, embora as crenças populares sejam supersticiosas, não se deve confundir superstição com crendice. Por exemplo, acreditar em bruxas,...

  • Jovens do século XXI: geração sem livros e sem leituras

    O mundo deste século XXI é jovem e cheio de oportunidades, mas povoado por uma juventude sem sonhos. Segundo a ONU, mais de um bilhão de jovens, na faixa-etária de 14 a 20 anos, estão desinteressados nas oportunidades econômicas e políticas que lhes são oferecidas....

  • A arte de ensinar e a arte de aprender

    O professor e filósofo da  University of Cambridge,  Ludwig Wittgenstein, diz que “os limites da minha linguagem denotam os limites do meu mundo”. Numa versão metafórica pode-se afirmar que ‘as perguntas que fazemos apontam o ribeirão onde desejamos beber’. Com essas palavras deseja-se dizer que...

  • Violência em meio aos jovens acreanos

    A violência tem sido um tema presente não só nos noticiários da mídia, mas, principalmente, no cotidiano das pessoas que hoje vivem mergulhadas num clima de terror, consequência dos constantes atos de violência, aos quais a população se vê exposta nas cidades. Maioria das vezes,...

  • A juventude das facilidades e das dificuldades

    Li, recentemente, um texto fantástico da jornalista e escritora Eliana Brum, sob o título: “meu filho, você não merece nada”. É um artigo que todos os pais devem ler. A autora trata de questões relativas à dependência dos jovens aos pais. Hoje se tem uma...

  • A educação como arte de bom viver

    Existe uma queixa frequente, no  meio social, no que diz respeito à pouca educação das pessoas no trato com as outras. Observa-se uma ausência de valores educacionais refletidos na filosofia cotidiana. Há um comportamento egoísta, presente, modo geral, em variadas esferas: política, social, comercial, estudantil....