Cheia do Rio Acre atinge quatro bairros e duas famílias são retiradas de suas casas – Jornal A Gazeta

Cheia do Rio Acre atinge quatro bairros e duas famílias são retiradas de suas casas

Com mais de 40 centímetros acima da cota de transbordamento, o Rio Acre continua subindo e já atinge três bairros em Rio Branco. Nesta quinta-feira, 7, o manancial marcou 14,50 metros, conforme a última medição divulgada pela Defesa Civil. A cota de transbordo é 14 metros.

Segundo o coordenador de Defesa Civil Municipal, coronel George Santos, duas famílias foram retiradas de suas residências e levadas para a casa de parentes. As águas atingiram parte dos bairros da Habitasa, Santa Terezinha, Airton Sena e Triângulo Novo.

O coronel explica que as solicitações recebidas pelo telefone 193 são encaminhadas para uma equipe que vai até o local para verificar a situação e fazer a retirada das famílias, caso seja necessário.

“Não está tendo muita solicitação. Estamos fazendo as vistorias no local. No momento, a demanda está bem tranquila. Talvez tenhamos uma demanda maior quando o manancial ultrapassar os 15 metros”.

Ainda segundo o coordenador, é de se esperar que as águas continuem subindo, já que a previsão é de chuvas em todo o Estado até a próxima quarta-feira, 13.

O abrigo montado no Parque de Exposições permanecerá até abril, quando acaba o período chuvoso e o risco de enchentes. Ao todo, 94 boxes foram construídos para alojar possíveis desabrigados.

Essa é a segunda vez que o rio fica acima da cota de transbordo esse ano em Rio Branco. No dia 19 de janeiro, o Rio Acre atingiu 14,43 metros na capital acreana. Na época, cinco famílias foram retiradas de suas casas.

No interior do Estado, o nível do rio oscila dependendo do município. Em Brasileia, as águas começaram a baixar e passaram de 10,49 metros para 8,86 metros em 12 horas. Já o Riozinho do Rola, o maior afluente do Rio Acre, marcou 14,87 metros.

Em Assis Brasil, o rio voltou a subir e atingiu a marca de 5,29 metros, conforme medição feita às 18h.

 Cruzeiro do Sul – O Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, atingiu 13,74 metros nesta quinta, 7, ultrapassando a cota de emergência de 13,65 metros. Mais de 6 mil moradores estão sendo afetados pela cheia do manancial. Ao todo, 24 casas já foram desocupadas.

Ao menos quatro bairros e três comunidades ribeirinhas estão alagadas. A prefeitura anunciou que se prepara para decretar situação de emergência.

 Previsão do tempo – Conforme a Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), a previsão é de pancadas de chuvas em todo o Estado até domingo, 10. Em Rio Branco, nos próximos três dias, o céu deverá ficar nublado, com previsão de chuva. A temperatura mínima é 23ºC e a máxima pode chegar a 30ºC.

 

Limpeza e organização do Parques de Exposição (Fotos Fagner Delgado ASCOM PMRB)

 

Assuntos desta notícia