Cia Camalearte pede contribuição para realizar bazar cultural – Jornal A Gazeta

Cia Camalearte pede contribuição para realizar bazar cultural

Bazar vai ajudar o grupo a ter sede e fazer novas peças
Bazar vai ajudar o grupo a ter sede e fazer novas peças

Para ajudar na produção e organização dos próximos espetáculos e da instalação da sede da companhia de Artes Camalearte, será realizado um Bazar Cultural no hall de entrada do Cine Teatro Recreio na quinta e sexta-feira, 25 e 26.

Todo material e recursos arrecadados servirá para manter o trabalho realizado com as crianças do bairro Quinze e comunidade em geral. As pessoas podem contribuir com roupas, gibis, livros literários e infantis, história do acre, histórias em quadrinho, livros de teatro, bijuterias, estantes, tecidos, um bebedouro, sapatos, cintos, bolsas, brinquedos, CDs com histórias e filmes infantis, instrumentos musicais, tintas para desenhos, cola branca, barbante, lã cores variadas, pinceis para pintura, um aparelho de DVD, um computador, uma TV, papel chamex, e papel A4.

Vale ressaltar que as doações devem estar em perfeitas condições de uso. O Bazar acontecerá durante o dia todo, regado a poesia. A partir das 18h, da quinta-feira, será apresentado a performance “Quem Ama Não Mata”, uma criação da Cia Camalearte, produção, figurino e direção de Paulo Nascimento.

Já na sexta-feira, 26, a partir das 17h, será apresentada a peça teatral “A Paixão e a Sina de Mateus e Catirina”, do Pernambucano Romualdo Freitas e direção de Paulo Nascimento.

Além disso, a partir das 20h, ocorre a leitura dramatizada do texto: Carruagem dos Sonhos, do pernambucano Amaury Santos, com direção de Alan Saldanha e Cenografia de Adailton Silva.

Durante o evento será vendido lanches, sucos naturais, refrigerantes, etc. Os organizadores contam com o apoio da Gutierres Contábeis, Eletrônica Lacerda, e Associação das Mulheres do Segundo Distrito. (Foto: Divulgação)

Assuntos desta notícia