Coluna Política Local – 06.01.2019 – Jornal A Gazeta

Coluna Política Local – 06.01.2019

Primeira agenda 

O governador Gladson Cameli realizou na última sexta-feira sua primeira agenda no interior do Estado. Ele fez a entrega de maquinário em Sena Madureira. Outro compromisso do progressista foi uma reunião com lideranças da cidade, incluindo o prefeito Mazinho Serafim (MDB).

Apoiadores

Nas eleições de 2018, o interior foi a grande força política de Gladson Cameli, ganhando com diferença folgada sobre seu adversário direto, Marcus Alexandre Viana (PT), em muitos municípios. Como retribuição, o progressista sinaliza realizar uma gestão focada para mais ações nestes redutos.

O jogo começou

A nova estrutura administrativa da prefeitura de Rio Branco, com 132 cargos a menos, entrou em vigor no último dia primeiro. A medida, que extinguiu 12 órgãos públicos, vai resultar numa economia de mais de R$ 12 milhões para a prefeita Socorro Neri (PSB).  As exonerações começaram com 43 pessoas  do Itec e da Rbtrans e com órgãos da Administração Direta. A grande surpresa foi a exoneração de Gabriel Forneck, da Rbtrans.

Preocupados

Circula nos bastidores que a decisão da prefeita acendeu uma lanterninha de preocupação entre a cúpula petista. Com Socorro Neri colocando sua marca na gestão, o espaço petista no município cai drasticamente.

Tábua de salvação

Rio Branco era a tábua de salvação do PT. Com as mudanças na prefeitura, o partido fica em uma situação delicada. Sem espaço no município e no Estado fica mais difícil para o novo presidente, Cesário Braga, reerguer a legenda.

Escolhido

Nélio Anastácio de Oliveira, que foi Superintendente do Rbtrans no primeiro mandato de Marcus Alexandre e é funcionário de carreira da Prefeitura, foi escolhido para ficar a frente da pasta.

Dúvida

Ainda não se sabe se Forneck será aproveitado na gestão de Socorro Neri. Acredita-se que sim, haja vista que o petista Marcelo Macedo também foi exonerado do cargo, porém, assumiu outra função.

Muito bem 

Gladson Cameli decidiu que não irá mais nomear assessores especiais. A decisão do novo governador agradou muito a população, que sempre criticou essa função no governo petista. Sempre foi vista como um cabide de emprego.

Candidato ao Senado

Dias atrás, ventilou-se na imprensa que o senador Sérgio Petecão tinha a pretensão de disputar a presidência do Senado na próxima legislatura. O rumor de fato é verdade. A única coisa que o faria recuar seria a possibilidade do colega Renan Calheiros decidir também entrar na disputa. As chances do presidente do PSD vencer a disputa são bem reais.

Ofício

Roberto Duarte (MDB) encaminhou ao governador um ofício solicitando que seja revisto a concessão de licença-prêmio ao ex-governador Tião Viana. O que motivou a decisão do emedebista foi a necessidade de médico infectologista na rede hospitalar pública.

Briga boa

José Adriano e Francisco Salomão disputam a presidência da Federação das Indústrias do Acre (Fieac). Nos bastidores, comenta-se que a vantagem está com José Adriano, atual presidente. O pesar contra ele é o fato de ter perdido uma de suas principais parceiras de trabalho, a vice-presidente Adelaide de Fátima.

Opositores

Comenta-se nas rodas de política que a cúpula petista já estaria afiada nas críticas ao novo governo, só esperando o momento certo de entrar em campo. Situação interessante. Já vislumbro a cena: petistas criticando a precariedade no sistema de Saúde e a situação lembrando que os últimos 20 anos o governo era do PT, logo, os responsáveis por tal situação são os que apontaram o dedo.

Se resguardando

Exatamente para não serem responsabilizados por situações que não lhes cabem é que o progressista tem divulgado na imprensa os impropérios da gestão petista.

Onde está?

A pergunta que não quer calar: onde está os dois milhões e 800 mil que a ex-secretária de Turismo do Estado, Raquel Moreira, disse ter deixado em caixa? Eliane Sinhasique, atual gestora da pasta, sinalizou que o valor, caso realmente exista, não lhe foi informado. “O que posso garantir é que não estou recebendo um centavo em caixa”, retrucou a emedebista.

Mais um aliado

Ventilou-se na imprensa que a prefeita Socorro Neri (PSB) estaria ensaiando uma parceria com o governador Gladson Cameli. Caso se concretize, muito provavelmente ele ganhará mais um aliado na Assembleia Legislativa, o deputado Manoel Morais (PSB), que seguirá a tendência da chefe do Executivo municipal.

Assuntos desta notícia