Coluna Política Local – 11.03.2018 – Jornal A Gazeta

Coluna Política Local – 11.03.2018

Nessa semana
Ficou para esta semana o anúncio da direção nacional do DEM acerca das mudanças nas direções regionais. O martelo já está batido e o deputado federal Alan Rick deverá assumir o comando da sigla no Acre.

Não recua
Bocalom descarta qualquer possibilidade de abandonar o apoio à pré-candidatura de Ulysses ao governo do Acre.

No PDT
O deputado estadual Eber Machado filiou-se na última quinta-feira 8, no PDT. O ato aconteceu em Brasília e contou com a presença de Carlos Lupi, presidente nacional. Luiz Tchê presidente da sigla no Acre, também estava lá.

Fora do PDT
A sigla ganhou um apoio de peso, mas também perdeu um nessa semana. O deputado Heitor Júnior não perdeu tempo quando abriu o prazo da Janela Partidária e filiou-se ao Podemos. E entrou com o pé direito na nova sigla. Já foi escolhido para ser o líder do partido na Aleac.

Na batalha
Não tenha dúvida que Heitor vem com sangue nos olhos nessa eleição.

Chapa própria
O PHS anunciou que sairá com chapa própria na disputa pelas vagas da Assembleia Legislativa. O presidente da sigla, Manoel Roque disse que a chapa é forte. Estão confiantes que irão eleger um deputado estadual.

Sei não ó
Circula nos bastidores que o deputado federal Flaviano Melo decidiu “lutar” pela união dentro do bloco de oposição. Seu objetivo é colocar no mesmo palanque Gladson Cameli (PP), Tião Bocalom (DEM) e Coronel Ulysses. Trabalho árduo tendo em vista que Bocalom já bradou aos quatros cantos do mundo que não quer nem saber de apoiar Cameli.

Tenso
E Márcio Bittar (MDB) e Major Rocha (PSDB), hein? Será que Flaviano não dedicaria um pouco de seu tempo para unir esses dois. Uma coisa é fato, o clima vai pesar quando estiverem no mesmo palanque.

No PSB
O ex-deputado Chico Viga poderá filiar-se ao PSB nos próximos dias. Uma conversa já foi iniciada e tudo leva a crer que não declinará do convite.

No PSB
Quem também estuda a possibilidade de se filiar o PSB é o ex-deputado Elson Santiago. Ele pretende concorrer a uma das vagas na Assembleia Legislativa na eleição deste ano.

Crescendo e se fortalecendo
O PSB tem tudo para sair ainda mais fortalecido na eleição de 2018. Terá um quadro bom de candidatos, somado as novas lideranças que o partido tem conseguido filiar. É um partido que segue crescendo.

Reforço importante
Recentemente, o PSD ganhou um reforço importantíssimo, com a filiação da ex-vereadora Aryanny Cadaxo. Mesmo afastada da vida pública há alguns anos, isso não apagou o trabalho que desenvolveu na política.

Quase oposição
O deputado Raimundinho da Saúde (Podemos) caminha mesmo para integrar o bloco de oposição. Pelo menos é isso que circula nos bastidores. A tese de que apoiará a reeleição do senador Sérgio Petecão (PSD) reforçou ainda mais essa história.

Eleição difícil
As chances do ex-prefeito de Epitaciolândia, André Hassem, eleger como deputado federal é baixíssimo. Não falo para desmerecê-lo. É só analisar os nomes que já confirmaram presença na disputa. Terá que trabalhar arduamente para conquistar uma vaga.

Críticas a Temer
O deputado federal César Messias (PSB) tem feito duras críticas ao Governo Federal por sua atuação na área de segurança pública e defesa nacional. Ele considera que Temer tem sido omisso, principalmente no controle de fronteiras, permitindo que o tráfico de drogas e armas ocorra sem que se dê uma efetiva ação de prevenção e combate.

Ele volta
O deputado Lourival Marques (PT) é cotado como um dos petistas que irá retornar à Aleac na próxima legislatura. A adesão à sua reeleição tem sido algo natural, graças ao bom mandato que tem realizado. Não será surpresa se for um dos mais votados.

Assuntos desta notícia