Coluna Política Local – 15.09.2018 – Jornal A Gazeta

Coluna Política Local – 15.09.2018

Na luta

As agendas dos cinco candidatos ao Governo se intensificam com a proximidade do dia da votação. Para compensar o pouco tempo de campanha, tem candidato que tem ido a dois e até três municípios em um mesmo dia.

Aqui ou lá

A tendência na última semana de campanha é concentrar forças entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, principalmente Marcus Alexandre (PT) e Gladson Cameli (PP).

Fundo Partidário

Por falar em Gladson Cameli, circula nos bastidores que o progressista teria recebido apenas R$ 600 mil de fundo partidário. A expectativa era que fosse R$ 1 milhão.

Outros também

Não é só ele que enfrenta a falta de recursos, são todas as candidaturas. Em especial, alguns candidatos ao parlamento estadual.

Não aceita

O eleitor anda bem atento com relação às pesquisas de intenções de votos. Com uma disputa tão acirrada, cada mudança no resultado tem sido analisada atentamente por cada cidadão.

Não acredita

E por falar em pesquisas, dos candidatos ao governo, apenas o Coronel Ulysses diz não acreditar nos resultados. Defende a tese que quando os votos forem contabilizados o resultado lhe será favorável. Acho pouco provável, mas em se tratando de política, tudo pode acontecer.

Indo bem

Quem vem do interior diz que o candidato à reeleição ao Senado, Sérgio Petecão (PSD) tem amarrado bem seus apoiadores. Sai muito fortalecido a cada reunião que participa. Muita gente apostando em sua vitória. O mesmo se fala sobre o petista Jorge Viana.

Ele quer

Circula nos bastidores que o deputado estadual à reeleição Manoel Moraes (PSB) trabalha para ser o mais votado. Sua pretensão é brigar pela presidência da Assembleia Legislativa no próximo ano.

Tirando o apoio

Dirigentes do PPS, PMN e PTC confirmaram na última semana que retiraram o apoio aos candidatos ao Senado Marcio Bittar (MDB) e Sergio Petecão (PSD). Ao que parece, a ajuda financeira para as chapas proporcionais não tem sido a esperada.

Continua

Mesmo não apoiando os candidatos ao Senado pela oposição, os três partidos frisaram que o apoio a Gladson Cameli (PP) continua.

Nada de apoio

João Correia anunciou oficialmente sua decisão de não apoiar a candidatura de Gladson Cameli para apoiar o coronel Ulysses ao Governo do Estado.

Tradição

Um dos baluartes do MDB no Acre, João Correia não aceita as mudanças que o partido fez nos últimos anos e já disse, inclusive, que votará em Geraldo Alckmin em detrimento do candidato do partido à presidência, Meireles.

Caminhada

O candidato ao Senado, Minoru Kinpara (REDE), liderou na última quinta-feira, 13, uma caminhada no Centro da cidade, onde conversou com comerciantes, estudantes e permissionários do Mercado Aziz Abucater e Elias Mansour, próximo ao Terminal Urbano de Rio Branco.

Presentes

Os candidatos Carlos Gomes (REDE), Gabriel Santos (REDE) e Janaína Furtado (REDE) também marcaram presença na caminhada de Minoru.

Sendo aceito

A candidatura de Minoru tem tido uma ótima aceitação junto ao eleitorado. É um dos “novos” nomes na política acreana. Está no jogo e tem chance de vitória.

Ele disse

“A população anseia por mudança. Compreendo que posso fazer muito pelo meu estado e pelo meu país. O meu diferencial são as minhas propostas”, disse Minoru.

Projetos

Entre os projetos apontados por Kinpara estão o Hospital Universitário, o Parque Tecnológico e o fortalecimento do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor).

Deferida

A deputada federal e candidata à reeleição, Jéssica Sales (MDB) teve o registro de candidatura deferido por unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AC), encerrando em definitivo as especulações sobre qualquer tipo de impedimento jurídico.

Assuntos desta notícia