Coluna Política Local – 22.12.2018 – Jornal A Gazeta

Coluna Política Local – 22.12.2018

Candidato ao Senado

Dias atrás, ventilou-se na imprensa que o senador Sérgio Petecão tinha a pretensão de disputar a presidência do Senado na próxima legislatura. O rumor de fato é verdade. A única coisa que o faria recuar seria a possibilidade do colega Renan Calheiros decidir também entrar na disputa. As chances do presidente do PSD vencer a disputa são bem reais.

Continua na política

A deputada Leila Galvão (PT) já sinalizou que não deixará a vida pública. Vai continuar trabalhando em prol do povo do Acre mesmo sem mandato. E quem sabe em 2022 se candidate de novo.

Cabo eleitoral

Circula nos bastidores que o deputado Ney Amorim estaria “fazendo campanha” para o colega Nicolau Junior (PP), que é candidato à presidência da Aleac no biênio 2019/2020.

Homenagem

E por falar em Ney Amorim, o parlamentar foi homenageado nessa semana com a Comenda da Ordem do Mérito do Poder Legislativo, em reconhecimento aos serviços prestados ao Poder Legislativo ao longo de seus três mandatos, sendo o último como presidente da Aleac.

Trabalhou muito

Ney teve um papel de destaque no fortalecimento do Legislativo, em especial, por aproximar a população da Casa Legislativa. Entre as ações desenvolvidas sob seu comando, destacam-se as audiências públicas realizadas nos municípios acreanos, bem como os trabalhos nas comissões da Casa.

Deixa o parlamento

Ney deixa o parlamento estadual no dia 31 de janeiro, quando tem fim a legislatura de 2015/2018.  Arrisco dizer que se o ex-petista tivesse concorrido à reeleição, sem dúvida estaria entre os deputados eleitos. Ney tem carisma e, principalmente, força política.

Forte

Ainda que não tenha saído vitorioso da disputa ao Senado, não resta dúvida que Ney foi o político que mais saiu fortalecido desse pleito. Ele é aquele tipo de político que tem portas abertas em todas as esferas. Certamente, no futuro, volta a exercer um mandato.

Avaliação do mandato

O senador Jorge Viana fez seu último discurso no Senado na última quinta-feira, 20. Relembrou sua trajetória política desde a época em que foi prefeito de Rio Branco até chegar ao Senado Federal.

Participativo I

Jorge Viana esteve à frente de importantes debates do cenário nacional brasileiro. Foi relator e articulador da aprovação do novo Código Florestal, que, segundo ele, pacificou as relações no campo, dando segurança aos produtores e proteção ao meio ambiente. Foi relator da Lei do Acesso à Biodiversidade e da nova Lei da Ciência, Tecnologia e Inovação, “com as quais o Brasil pode ter um grande ciclo de desenvolvimento”.

Participativo II

O senador acreano também trabalhou na atualização do Código Penal, para que o Brasil pudesse ter novos instrumentos legais no combate à violência. E foi autor de propostas de emenda à Constituição que ganharam repercussão nacional, como a que torna o crime de estupro imprescritível (aprovada no Senado e aguardando votação na Câmara dos Deputados) e a que propõe a redução no número de parlamentares do Congresso Nacional (que ganhou o apoio de quase 2 milhões de brasileiros no Portal E-cidadania, do Senado Federal).

Qualificado

Jorge Viana compõe o quadro dos políticos acreanos mais qualificados. Sem dúvida fará falta no Senado na próxima legislatura. Mas, assim como outros, ele não pretende se afastar da política. Continuará trabalhando pelo desenvolvimento do Acre mesmo sem mandato.

Solto

O diretor-presidente do Procon/AC Diego Rodrigues foi solto ontem graças a um Habeas Corpus. Ele ficou cinco dias presos sob acusação de ter desviado do Fundo Partidário para eleger sua mãe, a deputada estadual Juliana Rodrigues, que também foi presa durante a operação da Polícia Federal.

Ainda

Os outros dois filhos da deputada seguem presos sob a mesma acusação, pelo menos até o fechamento da coluna.

Na FEM

O professor Correinha finalmente foi contemplado com um cargo de destaque na Fundação Elias Mansour, no governo de Gladson Cameli (PP).

Inauguração

O governador Tião Viana entregou nesta semana a terceira e última fase do hospital Wildy Viana, em Brasileia. Mais uma etapa de suas promessas plenamente cumpridas na área de saúde.

Expectativa

Quando o assunto diz respeito aos debates na Aleac na próxima legislatura, nas rodas de conversa entre os jornalistas que cobrem política, o consenso é que o deputado Daniel Zen (PT), mesmo integrando a oposição, terá um papel de destaque. É um cara inteligente e preparado. Vai dar trabalho para a futura situação.

Homenageado

Muito justa a homenagem feita pela Assembleia Legislativa do Acre ao deputado estadual Chagas Romão (MDB). Ele deixa o parlamento após seis anos de mandato consecutivo. Dos 68 anos de vida, 24 deles foram dedicados ao Poder Legislativo.

Comenda

Assim como o deputado Ney Amorim, Chagas Romão foi agraciado pela Mesa Diretora e demais parlamentares com a Medalha da Ordem do Mérito Legislativo. Ele optou por não ser candidato à reeleição para se dedicar mais à família. Romão teve os seus mandatos focados na área social, sempre ajudando os mais carentes.

Assuntos desta notícia