Corpo de Bombeiros esclarece aparecimento inusitado de cobra em aeroporto da Capital – Jornal A Gazeta

Corpo de Bombeiros esclarece aparecimento inusitado de cobra em aeroporto da Capital

Uma cobra assustou alguns passageiros que passavam pelo Aeroporto Internacional Plácido de Castro, em Rio Branco, na última quinta-feira, 25. Escondida inesperadamente embaixo da esteira que traz as bagagens, o aparecimento do réptil virou assunto nas redes sociais.

Em sua página de Facebook, o senador Gladson Cameli, relatou que ao retirar sua mala da esteira foi surpreendido por uma cobra que avançou em sua direção. “Graças a Deus, passado o susto, muitas pessoas riem dessa situação, mas isso é sério, amigos! Crianças, idosos e adultos circulam num ambiente como esse, e é preciso mesmo muita responsabilidade com esse assunto”, disse ele.

Segundo o comandante da Seção Contra Incêndio (SCI) do aeroporto, o tenente Coutinho, a cobra não era venenosa e não apresentava risco à população. “Esse não é um caso isolado. Devido às queimadas, essa época do ano elas saem de dentro da vegetação, em busca de alimentos. Até na estrada é possível encontrar cobras, muitas vezes mortas, pois os carros passam por cima”, explicou.

O tenente destacou que é comum encontrar esses repteis naquela área, pois se trata de uma grande área de vegetação. Porém, o Corpo de Bombeiros monitora diariamente o local. “Além de atender os chamados, nós realizamos vistorias todos os dias, tanto na pista quanto dentro do aeroporto”, ressaltou.

Coutinho esclareceu que a empresa que presta serviços de limpeza no aeroporto, mantém diariamente o local limpo, e que o aparecimento de cobras não tem relação com a falta de limpeza no local. “Trabalho lá direto e vejo o pessoal fazendo a limpeza, até capinando”, finalizou.

Assuntos desta notícia