Criminosos invadem loja ao lado de delegacia no Acre e levam mais de 20 celulares – Jornal A Gazeta

Criminosos invadem loja ao lado de delegacia no Acre e levam mais de 20 celulares

Dois criminosos invadiram uma loja de telefonia, nesta segunda-feira, 7, fizeram os funcionários reféns e levaram diversos aparelhos celularaes. O estabelecimento fica ao lado da Delegacia-Geral de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, e a ação foi filmada pelas câmeras de segurança da loja.
Um funcionário da loja, que pediu para não ter o nome divulgado, disse que foram levados 23 celulares. Segundo ele, ainda não foram calculados os prejuízos, mas alguns dos aparelhos roubados custavam entre R$ 3 mil a R$ 5 mil.
“Uns 12 Iphones e os demais são Samsung. Tem telefone de vários presos. Foi um prejuízo aí de mais de R$ 50 mil. Segundo os outros funcionários, estavam com arma na cintura. Tinha um rapaz do lado fora, que achou que estava demorando muito, e entrou para verificar”, contou.

Vídeo
Nas imagens, um rapaz entra com o capacete na cabeça, vai até uma mulher que limpava o chão, mostra algo e ela sai correndo para dentro da loja. Em seguida, o suspeito se aproxima do balcão e entrega uma mochila preta para um dos servidores, que sai para pegar os celulares.
Enquanto a vítima pega os aparelhos, o assaltante entra em uma porta com os demais servidores. Após alguns segundos, um segundo suspeito entra na loja com o capacete levantado e mostrando o rosto. O vídeo, de quase um minuto e 30 segundos, mostra os assaltantes pegando ainda outros objetos e circulando pela loja.

Investigações
O delegado responsável pelas investigações, Vinicius Almeida, confirmou que a loja fica bem próximo da delegacia. Segundo ele, a equipe está em campo em busca dos suspeitos. Com ajuda das imagens das câmeras, o delegado falou que já há suspeitas de quem são os criminosos. “Não ouvi as vítimas ainda, os meninos estão em campo e a prioridade é a identificação para pedir a prisão dos suspeitos. Na verdade, o vídeo está claro, falta só a gente puxar a ficha civil deles”, assegurou. (Aline Nascimento, Do G1/AC)

Assuntos desta notícia