Deputado Daniel Zen comemora o resultado do Ideb no Acre – Jornal A Gazeta

Deputado Daniel Zen comemora o resultado do Ideb no Acre

O líder do governo na Aleac, deputado Daniel Zen (PT), comentou ontem, 11, durante sessão no parlamento estadual, sobre os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). De acordo com o estudo, o Acre aparece como o melhor avaliado na Região Norte, estando em primeiro lugar entre alunos do 1º ao 5º ano, segundo lugar do Norte no 6º ao 9º e nono lugar, a nível nacional, entre os que mais avançam no ensino médio.

Segundo Zen, “o Estado saiu de uma nota de 3,8 no Ideb em 2007, para 6,1 em 2017, destacando uma grande melhoria em seu sistema educacional nos últimos dez anos”.

Ele lembra que o Ideb é o principal indicador da qualidade da educação básica no Brasil. “Para fazer essa medição, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica utiliza uma escala que vai de 0 a 10. A meta para o Brasil é alcançar a média 6.0 até 2021, patamar educacional correspondente ao de países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), como Estados Unidos, Canadá, Inglaterra e Suécia.

Criado pelo Instituto Nacional de Pesquisa Educacional Anísio Teixeira (Inep) em 2007, ainda de acordo com Zen, o Ideb sintetiza em um único indicador dois conceitos importantes para aferir a qualidade do ensino no país: fluxo e aprendizado.

“O fluxo representa a taxa de aprovação dos alunos, enquanto o aprendizado corresponde ao resultado dos estudantes no Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), aferido tanto pela Prova Brasil, avaliação censitária do ensino público, e a Aneb, avaliação amostral do Saeb, que inclui também a rede privada.

Disse mais: “O Ideb é importante por também ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do PDE para a educação básica. O Plano de Desenvolvimento da Educação estabelece, como meta, que em 2022 o Ideb do Brasil seja 6,0 – média que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos”.

Por fim, o líder do governo reitera que o resultado é fruto da dedicação não apenas da equipe de gestores da Secretaria de Educação do Estado, mas também do diretor de escola, professor e demais envolvidos no crescimento e fortalecimento da Educação.

“Esse resultado só reitera o que venho debatendo há muito tempo aqui na tribuna desta Casa, a qualidade do trabalho que vem sendo desempenhado pela Educação, que não se restringe apenas a equipe de gestores, incluindo também, não apenas o diretor, mas também o coordenador de ensino, pedagógico, administrativo, secretário escolar. A dedicação, empenho, seriedade, qualidade de trabalho dos servidores de apoio que cuidam desde o portão, passando pela merenda, mas também pela limpeza, vigilância de nossas escolas”, finalizou.

 

Assuntos desta notícia