Deputado Luiz Tchê quer discutir corte de verbas nas universidades e Fies com criação de frente parlamentar – Jornal A Gazeta

Deputado Luiz Tchê quer discutir corte de verbas nas universidades e Fies com criação de frente parlamentar

JOSÉ PINHEIRO

Com o anúncio de cortes de R$ 15 milhões de Orçamento da Universidade Federal por parte do governo Bolsonaro, que compromete o funcionamento da instituição, o deputado Luís Tchê (PDT) vai protocolar um requerimento junto à Mesa Diretora criando a frente parlamentar em defesa das universidades públicas e privadas. Tchê disse que a ideia é promover uma discussão ampla que atenda acadêmicos beneficiados pelo Financiamento Estudantil (Fies).
O parlamentar pedetista acrescentou que o contingenciamento de recursos tem gerado incertezas para as administrações das instituições de ensino superior no Acre. O medo de Luís Tchê é que o acesso à Educação Superior fique comprometido, com isso faça com que mais jovens fiquem ociosos ao terminarem o Ensino Médio.
“No diapasão da Frente Parlamentar visamos acompanhar ações governamentais e institucionais voltadas às universidades federais, dar celeridade a liberação de recursos financeiros e orçamentários de programas de políticas públicas para essas instituições”, disse o deputado.
Tchê acredita que a matéria levará a assinatura dos 24 deputados. Ele destaca que o deputado Daniel Zen (PT) conduzirá o debate e toda a agenda da frente parlamentar em defesa das universidades.
“De antemão, quero abrir a coordenação para o deputado Daniel Zen, que acho que vem defendendo esse tema há muito tempo na Casa”, considerou.
Entre as agendas da frente que deverá ser criada nos próximos dias, estão reuniões com a bancada acreana, em Brasília; além de reitores, diretórios centrais estudantis e a participação acadêmica.

Assuntos desta notícia