Eles escutam tudo – Jornal A Gazeta

Eles escutam tudo

Quem tem ou já teve um cachorro em casa sabe que eles escutam tudo, tudo mesmo. Você nem chegou no portão de casa e o cachorro já está te esperando, na entrada com o rabo balançando. Isto porque, além do instinto animal, ele escuta quatro vezes melhor que uma pessoa.
Às vezes ele corre latindo, mas você não vê ninguém, nenhum motivo para tanto barulho. Só você não viu, porque ele viu. O cachorro sabe quando você acordou, mesmo antes de você levantar. Quando ele sente a presença de algo novo, na verdade, ele já escutou o que você, dono do cachorro, não percebeu.
A sensibilidade auditiva dos cães explica o pavor que eles têm de trovões, fogos de artifício e qualquer barulho mais estridente. É por isso, que em época de festas, como Ano Novo, inúmeras campanhas contra os fogos de artifício ganham as redes sociais.
Se o barulho dos fogos, muitas vezes, incomoda nós humanos. Imagina aí qual é a sensação para os cachorros. Deve ser algo parecido com um barulho de um terremoto. Dói só de pensar. Mas se você nunca amou um cão, provavelmente não vai entender esse sentimento.

 

“O cachorro sabe quando você acordou, mesmo antes de você levantar”

Ouso dizer que eles escutam nossas lágrimas antes mesmo de caírem. Sentem nossa dor como ninguém nunca vai sentir. Quantas vezes eu me senti triste, cansada, sozinha e meus cachorros ficaram tristes comigo? Foram inúmeras vezes. Incontáveis mesmo.
O cachorro reflete em atitudes o que sente, escuta e enxerga, no seu dono. A minha Popis, sim. Vocês não acharam que eu ia falar de cachorro e não ia citar a minha, né? Pois bem, como eu dizia, a Popis é um tipo de vira-lata que tem espírito de gato, cor de raposa e corpo de cachorro. Só conhecendo pra entender o que eu estou falando.
Ela tem uma sensibilidade auditiva que nenhum outro cachorro meu teve. Às vezes eu a vista parada, olhando pro horizonte ou para as borboletas, porque ela adora, e ela está escutando o barulho do vento. Mais que escutando, pelo seu semblante, ela está se maravilhando com o toque do vento.
Quer mais sensibilidade auditiva que isso? Só tendo um cachorro pra entender. Inclusive, a Sociedade Amor a 4 Pata está com diversos animaizinhos para a adoção, viu? Adotar é um gesto de amor.

Bruna Mello é jornalista.
E-mail: bmello.90@gmail.com

Assuntos desta notícia