Encanador do Depasa é morto a tiros em bar de Rio Branco – Jornal A Gazeta

Encanador do Depasa é morto a tiros em bar de Rio Branco

O encanador do Departamento de Pavimentação e Saneamento de Rio Branco (Depasa) Sidney da Cunha Aragão, 30 anos, foi assassinado a tiros na noite de quinta-feira, 1º, na Baixada da Sobral, em Rio Branco. Segundo a Polícia Militar do Acre (PM/AC), Aragão estava em um bar quando dois homens em uma motocicleta preta pararam e atiraram.
A vítima foi atingida com dois tiros na cabeça e um na região do tórax. O Samu foi acionado, mas Aragão morreu antes de receber ajuda médica.
Ao G1, o Depasa informou que Aragão fazia parte do quadro de funcionários provisórios da empresa. Ele tinha saído do trabalho no final do dia e retornaria na manhã desta sexta, 2.
“Saiu muita informação contraditória. Ele fazia parte de uma de nossas equipes operacionais, era contratado como encanador. Essa semana estava trabalhando em um reservatório no bairro Placas. Ao final do trabalho de ontem, combinaram que hoje seria o dia mais importante do serviço, então, combinaram que todo mundo dormiria cedo para pegar cedo hoje no serviço. Ele ficou na rua, na principal da Sobral e foi beber com os amigos”, explicou o superintendente do Depasa, Miguel Félix.
Um parente contou no Instituto Médico Legal (IML) que Aragão tinha saído da casa da mãe e resolveu parar para conversar com amigos. A família negou que ele tinha envolvimento com drogas ou crimes. Eles desconhecem a motivação do crime. (Aline Nascimento, Do G1/AC)

Assuntos desta notícia