Fecomércio divulga pesquisa acerca das vendas esperadas para o Dia das Crianças – Jornal A Gazeta

Fecomércio divulga pesquisa acerca das vendas esperadas para o Dia das Crianças

Já estamos em outubro, e com ele chega uma das datas comemorativas de maior movimentação no comércio varejista, que é o Dia das Crianças. Em pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre. A pesquisa foi realizada no período de 01 a 04 de outubro com 201 pessoas.

As informações levantadas pela Fecomércio/AC destacam que 75% da população têm o desejo de comemorar o próximo Dia das Crianças. Dessa população, 60% manifestam vontade em homenagear os filhos e 18%, os sobrinhos. Uma parcela de 22% vai presentear outras crianças. Quanto aos gastos para o Dia das Crianças, 44% da população deve comprar brinquedos e 29% roupas e calçado 12%. Para outra parcela de 27% da população, dentre outros bens para presentes, devem comprar aparelho celular e bijuterias.

Para 65% da população, os gastos para o Dia das Crianças devem alcançar até 100 reais, aí incluídos, 19% com previsão de até 50 reais e 46% entre 50 a 100 reais. Uma parcela de 8% declina sobre a expectativa e 27% admitem a realização de gastos acima de 100 reais.

Quanto ao pagamento dos gastos para o próximo Dia das Crianças, 55% da população de Rio Branco demonstra preferência pela modalidade de pagamento à vista. Outra parcela de 41% vai optar pelo pagamento parcelado e 4% não sabem como devem pagar seus gastos para homenagem nesse dia.

Para as compras do Dia das Crianças, 51% da população dão preferência para o comércio localizado no centro da cidade. O comércio de shopping deve ter a preferência de 26%, além de 17% que vão preferir o comércio eletrônico e de camelôs.

Para 27% da população o gasto financeiro para o próximo Dia das Crianças deve ser maior que o gasto financeiro realizado para o Dia das Crianças do ano passado. Porém, 25% admitem a possibilidade de gasto menor. A pesquisa destaca também 27% da população de Rio Branco que informam não haver presenteado no Dia das Crianças do ano passada e 21% que se omitem quanto a essa informação.

Assuntos desta notícia