Feriados prolongados – Jornal A Gazeta

Feriados prolongados

Hoje dia 14/02/2015, é o Dia de São Valentim, Dia de São Cirilo, Dia do Amor, Dia da Amizade, Dia do Botonista – no Estado de São Paulo – (Botonismo – Futebol de mesa ou Futebol de Botões), Dia de São Métodio,

Este ano de 2015 teremos muitos feriados prolongados e muitos estão programando ou já programaram suas viagens ao local de sua preferência.

Qualquer que seja a opção, a segurança é o principal ingrediente  para uma viagem tranquila e cômoda com seu familiares e amigos.

Você, motorista ou motociclista, atenção às recomendações das placas de sinalização, evitar bebidas alcoólicas e atitudes de imprudência. Garantir a manutenção preventiva do veículo com antecedência para não ser pego de surpresa por uma falha mecânica que poderá resultar em grande aborrecimento ou acidente, estragando, com isso, o passeio tão esperado por todos.

Como a incidência da chuva nesse período do ano é muito alta, o cuidado deve ser ainda maior, principalmente com as pistas que não drenam a água adequadamente e com os veículos maiores como os ônibus e os caminhões. Mantenham uma distância de maneira que o “spray” formado pelos veí-culos maiores não atrapalhe a sua visibilidade e que os limpadores do seu carro dê conta de limpar o seu pára-brisa.

Para aqueles que optaram para ir ao litoral, muita paciência e calma ao volante, pois os congestionamentos são inevitáveis e a falta de atenção, desobediência às sinalizações e a pouca distância deixada entre seu carro e o que vai imediatamente à sua frente, pode acabar se tornando uma verdadeira tortura ao invés de uma viagem agradável de um feriado.

A sua atitude/comportamento ao conduzir seu veículo, é o fator principal para uma viagem tranquila e sem sobressaltos. Enfrentando congestionamento por causa de acidente na pista, não deixe que sua curiosidade provoque mais um acidente. Passe pelo local – para matar a curiosidade – dando uma olhada rápida e siga conforme a velocidade permitida pelos policiais rodoviários no local. Não diminua a marcha, pois poderá causar um engarrafamento.

Forçar ultrapassagens, jamais. O acostamento existe para veículos com defeito e não para condutores apressados.

Em grandes congestionamentos, vimos com frequência, os espertinhos utilizando essa faixa suplementar provocando a ira daqueles que estão trafegando corretamente, pois tão logo avistem policiamento ou outro veículo parado por apresentar problemas, cortam entrando abruptamente na pista e não raramente provocando acidentes ou discussões que acabam tornando um grande incômodo a todos.

Evite viagens à noite ou com chuva. A neblina é um fenômeno comum nessa época do ano. Redobre a atenção, diminua a velocidade e nunca trafegue com luz alta, pois o facho da luz alta reflete na neblina com maior intensidade diminuindo, assim, a sua visibilidade.

Saindo do Estado de São Paulo, Paraná e uma pequena parte do sul de Minas Gerais, a grande maioria das estradas está em péssimas condições de conservação, seja ela estadual ou federal apresentando buracos, irregularidades asfálticas, placas encobertas pelo mato ou inelegíveis pela falta de manutenção, tornando-se um perigo a mais para quem está trafegando por elas e outras irregularidades conforme citado em artigo anterior (Condições Precárias das BR’s).

O Congresso Nacional está para aprovar a PPP – Parceria Público Privada, onde o governo, juntamente com a iniciativa privada irá construir e restaurar as estradas federais, ferrovias e portos do país, coisa que não aconteceu até o presente momento e tememos que não irá acontecer caso os escândalos de desvio das verbas se alastre para outros setores como o elétrico e da infra-estrutura.

Ainda, uma recomendação importante e que a grande maioria ignora, é se você está em perfeitas condições físicas para enfrentar a viagem. Se se sentir com fadiga ou algo parecido, adie a partida por algumas horas e procure saber as condições da estrada pelo qual irá trafegar, se não está obstruída ou muito danificada, pois nessa época do ano chove muito e dependendo da região pode haver desmoronamento impedindo a passagem.

Quem corre menos e tem comportamento adequado, vive mais.

* www.naganuma.com.br     
mn@naganuma.com.br    
Twitter – @mtnaganuma

Assuntos desta notícia