GAZETINHAS – 01-10-2019 – Jornal A Gazeta

GAZETINHAS – 01-10-2019

*Bem-vindo, Outubro!
*Último trimestre do ano.
*E que ano, hein.
*Tem muita gente (muita mesmo!) na contagem regressiva para o fim de 2019.
*Quando a gente achava que não podia piorar mais um pouquinho…
*Tsc, tsc, tsc.
*E se ruim pra você, imagine para o deputado Luís Tchê, que passou os últimos meses tentando defender o indefensável;
*Contornou problemas causados por terceiros;
*Disse umas verdades a quem deveria dizer…
*E acabou pagando, sozinho, toda a conta das loucuras políticas da Casa Civil estadual.
* “Bem feito!”, alfineta um petista que passa pela redação.
*E continua:
* “Quem mandou trocar de lado como quem troca de roupa…”.
*Oooolha.
*São os ventos incertos da política, meu caro.
*Faz parte do show.
*E após o retorno dos que não foram, com exceção dos cargos comissionados do próprio ex-líder do governo, a conferir como Tchê se comportará hoje, na tribuna da Casa do Povo.
* “Vai ficar pianinho”, provoca o Dim aqui ao lado.
*Ah, para com isso!
*Pelo menos, na última votação polêmica da Aleac, o gaúcho mostrou que tem fidelidade aos seus pares e à Casa que representa.
*Já uns e outros…
*Bom, vamos acompanhar.
*A recente filiação do novo tucano Minoru Kinpara esquentou as articulações sobre as eleições de 2020.
*Nos bastidores, pré-candidatos às prefeituras e às câmaras municipais já aceleram o passo em busca de alianças e apoiadores.
*Por ora, entretanto, conjecturas, apenas conjecturas…
*Ainda vai demorar um bocado para que as composições finais sejam formalizadas.
*Na disputa à Prefeitura de Rio Branco, por exemplo, o cenário deve permanecer nebuloso até o ano que vem.
*Embora a candidatura da atual prefeita Socorro Neri esteja praticamente confirmada, com amplo apoio dos servidores municipais, diga-se de passagem…
*Do lado da base governista de Gladson Cameli, tudo é ainda muito incerto e duvidoso.
*A começar porque, dizem as boas línguas, o governador já prometeu apoio a uns três, quatro pré-candidatos ao cargo.
*Aquela instabilidade que já aprendemos a conhecer muito bem.
*Depois de sinalizar apoio a Alan Rick, Kinpara, etc. e tal, o último nome ventilado por Gladson seria o do secretário de Articulação Política, Alysson Bestene.
*Oi?!
*Ninguém entende mais nada.
*Mas isso se, até lá ou em breve, o governador não sentar para um cafezinho com o governador de São Paulo, João Dória, né?
*Aí, vai que ele decide se filiar ao partido, assim de supetão, na hora mesmo…
*Alguém duvida?
*A essa altura da nossa inconstante e grotesca vida política, a única certeza:
*Tudo pode acontecer.

Assuntos desta notícia