Gazetinhas – 02.01.2019 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 02.01.2019

*Empossados!
*Assim estão os 24 deputados estaduais eleitos, na eleição de outubro.
*E depois de tanta briga e intriga, nas últimas semanas, a cerimônia de posse até que transcorreu de forma tranquila…
*Sem grandes bafões, pelo menos diante dos holofotes.
*Nos bastidores, entretanto, e quando os novos deputados ficaram sozinhos em plenário, parece que o clima já não estava tão festivo e ameno.
*É que, como esperado, os deputados mdbistas Roberto Duarte e Meire Serafim foram os únicos a não avalizar a chapa orquestrada pelo governo e pela oposição para compor a mesa diretora da Casa.
*E aí teve quem ficasse de carinha feia.
*Entre eles, dizem, o ex-prefeito Vagner Sales.
*Depois de ter se entendido com o governo, ganhado cargos e, inclusive, a segunda secretaria para a mulher Antônia Sales…
*O leão do Juruá confrontou a atitude dos colegas de partido que não concordaram com as negociações e declararam um mandato “independente”.
*Faz parte do show.
*E convenhamos:
*De fato, a coerência entre pensamentos e atitudes, como tiveram Meire e Duarte, cada um por seus motivos, deve causar estranheza mesmo num meio onde prevalece a falsidade e o velho jogo do toma-lá-dá-cá.
*Enquanto isso, em Brasília…
*As votações para escolha dos presidentes da Câmara Federal e do Senado não transcorreram de forma tão rápida e simples assim.
*Primeiro, porque eram muitos os concorrentes.
*Na Câmara, o voto ainda ocorreu de forma secreta.
*Até quando, né?!
*E, no Senado, embora tenham decidido por ampla maioria (50 votos x 2) de que a votação seria aberta, houve bate boca entre os senadores e até ameaça de invalidar a votação e levar o caso ao Supremo.
*Que comecem os jogos!
*Este ano legislativo (aqui e lá!) promete.
*Preocupante a informação divulgada, ontem, pela Secretaria Municipal de Saúde, sobre a contaminação do açaí vendido no Mercado Elias Mansour com o protozoário causador da Doença de Chagas.
*Em coletiva, o secretário da pasta convocou a população que consumiu o produto comprado nos boxes do mercado para fazer exames de diagnóstico para a doença.
*Em 2016, mais de 20 pessoas, no interior do Estado, foram diagnosticadas com a Doença de Chagas, contraída pelo consumo do açaí.
*Duas pessoas da mesma família morreram, após tomar açaí contaminado pelo barbeiro.
*E a fiscalização? Como se deu nesse período?
*O secretário explicou que, no município, cabe à secretaria fiscalizar a comercialização do produto;
*Já o processo de beneficiamento e processamento deve ser fiscalizado pelo Idaf.
*É grave.
*Tem que ver direito isso aí.

Assuntos desta notícia