GAZETINHAS – 03-09-2019 – Jornal A Gazeta

GAZETINHAS – 03-09-2019

*Bem-vindo, setembro!
*Será que agora vai?
*Bom, na economia não se sabe…
*Lá vamos nós pro nono mês do ano;
*E, no governo estadual, parece que o negócio não engrena, nem apruma.
*Vide essa demissão estranha da secretária de Fazenda, Semírames Dias.
*Ou ex-secretária, ou futura…
*Sei lá!
*Repentina a saída não foi.
*Afinal, há tempos que correm os boatos, nos bastidores da Casa Civil, de que Semírames seria uma das cabeças na fila da guilhotina do governador.
*Ainda nesse imbróglio da “desburocratização” da gestão, que teria como alvo a tal “República do TCE”.
*Ocorre que a secretária surpreendeu e pediu pra sair antes.
*E o mais grave:
*Ao que consta, o pedido nem foi feito diretamente ao próprio governador.
*Ele teria sido avisado por meio da imprensa.
*Agora imagine só:
*Era a secretária de Fazenda, meu amigo.
*Ninguém está falando do seu Zé da portaria, nem da dona Maria da cantina.
*A pergunta que fica é:
*Que tipo de relação é essa que esses super secretários tem com o chefe do Executivo?
*Eles se reportam a quem, afinal?
*Cricricri.
*Após um final de semana movimentado, com especulações de alguns nomes para a pasta…
*Entre eles, interinamente, até o do dentista (!) Alysson Bestene…
*(Oi?!)
*A informação que se tem é que Gladson estaria enlouquecido, ops, empenhado para trazer Semírames de volta para a Sefaz.
*Ninguém entende mais nada.
*Vamos acompanhar.
*Com o final de ano se aproximando, aumenta a pressão no governo também para que as famigeradas licitações sejam agilizadas.
*O problema é que os meses passam, o ano voa (!), e, fora a licitação para a contratação do jatinho, que ocorreu “a jato”, as demais são constantemente interrompidas por alguma razão “de força maior”.
*Forças ocultas, será?
*Ou é incompetência mesmo?
*Parem, que tá feio.
*Wooon-woon, wooon-wooon…
*Os moradores da Morada do Sol, ali nas proximidades do Corpo de Bombeiros, estão ficando acostumados com as sirenes.
*É de manhã, à tarde, à noite.
*E se agosto já foi um mês extremamente trabalhoso para a corporação, eles podem preparar os braços para setembro.
*E, nós, de modo geral, a respiração.
*Cof, cof, cof.
*Na tarde do último domingo, lá se foi mais uma área de quatro hectares destruída pelo fogo, no ramal Bom Jesus.
*Por pouco, casas das redondezas também não foram atingidas.
*Reportagem do jornal O Globo, do último final de semana, destacava na manchete:
* “Fronteira de devastação: No Acre, política local e discurso federal favorecem desmatamento”.
*Dizer o quê, né?
*Tá de lascar.

Assuntos desta notícia