Gazetinhas 04/04/2017 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas 04/04/2017

*Alguém pediu calor aí?!

*Então, toma-lhe!

*E depois de semanas de chuvas ininterruptas, enfim uma trégua pra marcar o fim de um inverno amazônico tão prologado e rigoroso.

*Pelo menos, é o que se espera.

*O prefeito Marcus Alexandre que o diga…

*Nesta segunda-feira, já era possível acompanhar várias frentes de serviço da Emurb espalhadas pelos corredores de ônibus mais importantes da cidade.

*O lema, segundo os trabalhadores, é aproveitar cada minuto de sol (e que sol!) para melhorar a condição viária das principais vias da Capital.

*Vamos acompanhar.

*Enquanto isso, nas rodas de conversa, nas redes sociais…

*Todo mundo comentando sobre o caso do delegado da Polícia Civil Fábio Peviane, que foi flagrado em vídeo, que viralizou pela web, fazendo comentários preconceituosos contra portadores da Síndrome de Down.

*Preconceituosos pra dizer o mínimo, né?

*Estúpidos, grotescos, abomináveis sob todos os aspectos…

*E até surreal de acreditar ao sabermos que partiu de um agente da lei, que deveria primar pelo cuidado e a proteção aos cidadãos de modo geral.

*Enfim…

*Agora, convenhamos:

*Tão imbecil quanto a “teoria” do delegado deve ser também o autor do vídeo, que filmou, divulgou e que, por trás da câmera, ria e corroborava com os pensamentos do “chefe”.

*Mediocridade define.

*Só pra constar, não que isso faça alguma diferença no lamentável episódio:

*O delegado justificou o vídeo como sendo uma “brincadeira do dia 1º de abril”.

*Sem mais.

*Na política/Justiça nacional, dia importante hoje, com o início do julgamento do processo contra a chapa Dilma-Temer, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

*A ação foi apresentada, em 2014, pelo PSDB, partido derrotado no 2º turno das eleições, com acusações de abuso de poder político e econômico, recebimento de propina e beneficiamento do esquema da Petrobras contra a chapa vencedora.

*E entrará para a história como o primeiro julgamento de uma chapa presidencial, que pode culminar com a perda dos direitos políticos da ex-presidente Dilma Rousseff e com o afastamento do atual presidente Michel Temer do Palácio do Planalto.

*Segura, Brasil!

*Embora Temer nem de longe seja o modelo de homem e político que mereceria estar à frente do país…

*Vale dar crédito para uma análise pertinente do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso:

* “Já temos tantas dificuldades hoje… O Congresso ainda vai eleger mais uma pessoa para ser presidente por mais um ano?? É mais confusão”.

*Ideologias políticas e partidárias à parte, não dá pra discordar dele, não.

*Senhor, tende piedade de nós.

Assuntos desta notícia