Gazetinhas – 05.06.2018 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 05.06.2018

*Brrrrr…
*Levantar da cama com o termômetro marcando 14ºC…
*Estamos no Acre ou no Rio Grande do Sul, leitor?
*E tem gente que não anda, agora flutua, tamanha a fama que se alastrou por aí.
*O titular da coluninha não se conforma:
* “Criei um monstro!”.
*Tsc, tsc, tsc.
*E já que nosso brujo do tempo está com a moral em alta, vem mais previsão por aí:
*Segundo Friale, uma nova onda de frio polar deve chegar ao Sul da Amazônia, na próxima sexta-feira, baixando novamente as temperaturas no Acre, Rondônia, Amazonas e Mato Grosso.
* “É o resfriamento global”, explica ele.
*E conclui:
* “Vocês vão ter que me engolir!”.
*Pronto, parou.
*Enquanto, no clima, a realidade acreana está mais parecida com a do Rio Grande do Sul…
*Na telinha da Globo, quem viu a reportagem do Fantástico ficou em dúvida se estava assistindo à guerra do tráfico em Rio Branco ou no Rio de Janeiro…
*Rapaz, o negócio foi meio assustador ó.
*Mas, diante das manchetes policiais e do dia a dia, nos últimos anos, no Estado, o material foi importante, providencial até, para, quem sabe, chamar a atenção nacional sobre um drama que tem modificado a vida de milhares de famílias acreanas.
* “O Brasil está perdendo o controle sobre a fronteira com o Peru e a Bolívia”, alertou, logo no início, a apresentadora.
*Sim, o Brasil, pois como bem demonstrou a reportagem, trata-se de um problema que não se restringe a nossa região, mas que, sim, alimenta a criminalidade no país inteiro.
*A vinda das facções do Rio de Janeiro para o Acre, o consequente aumento dos índices de criminalidade nos municípios, que viraram rota do tráfico internacional;
*A total vulnerabilidade das nossas fronteiras;
*A completa omissão e irresponsabilidade do Governo Federal, presidente após presidente – de FHC, passando por Lula, Dilma e Temer – que levaram a situação a chegar ao nível caótico em que vivemos.
*Enfim…
*Uma tragédia que conhecemos muito bem, inclusive por meio dos alertas e apelos constantes do próprio governador do Estado, Tião Viana.
*A conferir se a denúncia feita por outra voz surtirá algum efeito.
*Parabéns ao colega Jefeson Dourado pela seriedade do material.
*E pra agitar mais um pouquinho este início de junho:
*Dá-lhe a pesquisa Delta/TV Gazeta, com novidades no cenário das épicas eleições 2018.
*O candidato da oposição Gladson Cameli com um pequeno salto à frente do petista Marcus Alexandre;
*Uma acirrada e imprevisível disputa às duas vagas do Senado Federal;
*E um percentual impressionante de indecisos, “brancos e nulos”, o que mostra que a guerra por voto está só começando.

Assuntos desta notícia