Gazetinhas – 06.06.2018 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 06.06.2018

*Todo mundo bonito, elegante…
*Ainda no rescaldo da maior friagem dos últimos tempos.
*E agora tem que acertar mesmo na previsão, Friale!
*Se vai sair candidato a deputado estadual, tem que ter o mínimo de credibilidade.
*Não que, na política atual, isso tenha feito muita diferença.
*Mas, “vai que”, né?!
*Falando nisso…
*Ainda repercutindo a pesquisa Delta/TV Gazeta sobre as eleições 2018.
*Os candidatos majoritários adotaram a estratégia de não se manifestarem a respeito;
*Nem mesmo a passional militância petista, que tende a não segurar os arroubos quando é contrariada em suas convicções.
*Já os pré-candidatos ao Senado comentaram o resultado com modéstia (pelo menos, aparente) e otimismo, mesmo aqueles para os quais os números não foram tão generosos assim.
*Senador Jorge Viana, o primeiro colocado, não demorou a colocar um banner de agradecimento nas redes sociais;
*E, por outro lado, menosprezou o maior índice de rejeição entre os concorrentes:
* “Fico feliz porque o meu índice de rejeição é menor do que as intenções de voto dos candidatos de oposição. Pode ser que eu seja a segunda opção deles”, provocou ele.
* (Sempre uma águia no marketing pessoal e na arte de fazer política).
*Senador Sérgio Petecão destacou a necessidade de não se manter na “zona de conforto”;
*Márcio Bittar não perdeu a oportunidade de espinafrar o desafeto pessoal Jorge Viana e o “fracasso dos 20 anos de PT no Acre”.
*Ney Amorim passou a defender o desejo de “renovação” no Congresso Nacional;
*E os novatos Sanderson Moura e Minoru Kinpara não esconderam a satisfação por aparecerem com índices relativamente bons no levantamento (12% e 6%, respectivamente), apesar de serem estreantes em disputas eleitorais.
*Enfim…
*Faltam quatro meses pela frente ainda;
*A campanha propriamente dita nem começou;
*Melhor mesmo todos, sem exceção, calçarem a sandálias da humildade.
*E vamos conferir no que vai dar.
*Governador Tião Viana é que continua quieto, reflexivo…
*Com exceção de quando alguém tenta falar mal do ex-presidente Lula perto dele.
*Aí, já viu.
*Fica virado no Jiraya e…
*Deixa pra lá.
*Mas, apesar dos pesares, considerou positiva a reportagem do Fantástico que revelou ao Brasil a situação da guerra entre facções criminosas no Acre.
*Fez uma ressalva, entretanto:
*Segundo o governador, não há apenas uma policial, como dito na matéria, mas oito PMs trabalhando em Marechal Thaumaturgo.
*E apesar de realmente o município ser sim rota do tráfico de drogas, não houve registro de nem um homicídio sequer por lá, desde o início deste ano, diz ele.
*Tá registrado.

Assuntos desta notícia