GAZETINHAS – 06-11-2019 – Jornal A Gazeta

GAZETINHAS – 06-11-2019

*Ainda é quarta-feira, mas a semana já tem assunto para mais de metro.

*Ontem, o governador Gladson Cameli encaminhou em regime de urgência à Aleac projeto de lei que propõe a reforma da Previdência estadual.

*Tudo de forma bem discreta.

*Pensou que essa passaria batido.

*Contudo, mexer com o bolso do cidadão não é qualquer coisa. É preciso conversa e muita com sindicatos e com os próprios trabalhadores.

*Com a pressão dos sindicalistas e o movimento de alguns deputados, a votação acabou sendo suspensa e deve ser apresentada pelas comissões nesta quarta-feira.

*A proposta do Governo do Acre segue os mesmos moldes da reforma do Bolsonaro.

*Ainda ontem, a CUT começou a convidar a população para a concentração hoje, a partir das 8h, em frente à Aleac. O objetivo é impedir a votação sem um amplo debate com a sociedade.

*Justo.

*O dia promete.

*Logo mais, à noite, haverá o Passeio das Luzes, para a entrega da iluminação da estrada do Aeroporto.

*Eu pelo menos estou bem empolgada com a claridade para aquelas bandas. Era um breu doido.

*Mais de 500 luminárias de LED foram instaladas ao longo da rodovia.

*A iniciativa é parte de uma parceria entre a Prefeitura de Rio Branco com a empresa Energisa Acre.

*Segundo a prefeita Socorro Neri, a medida visa reduzir acidentes e a ação de criminosos.

*Estão avisados, “Piratas do Asfalto”.

*Na Bolívia, a situação segue tensa.

*O deputado federal Alan Rick enviou um ofício ao Itamaraty e às universidades bolivianas, que logo responderam ao suspender aulas para segurança de estudantes brasileiros.

*Vale a leitura da reportagem especial de hoje em comemoração aos 34 anos do Jornal A GAZETA.

*Ao longo dessas mais de 30 décadas, este periódico acompanhou as evoluções e desafios do Estado.

*Mudanças de governos, tragédias, conquistas. O cotidiano do acreano escrito de forma ética e com imparcialidade.

*E ainda com a chegada das redes sociais e o crescimento da internet, o jornal impresso segue como uma das mídias de preferência do leitor quando o assunto é confiabilidade e notícia verdadeira.

*Infelizmente, vive-se um momento sombrio, onde governantes tentam acabar escancaradamente com o trabalho jornalístico sério.

*Mas, para aqueles que acham que o bom jornalismo irá morrer, eu afirmo: hoje não.

*É como diz o titular desta coluninha, jornalista Silvio Martinello, “é preciso resistir e resistir sempre”.

*Interina: BRENNA AMÂNCIO

Assuntos desta notícia