Gazetinhas – 16.02.2018 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 16.02.2018

*Chuva, muita chuva…
*E depois do temporal histórico (e polêmico) que provocou estragos incalculáveis na cidade, na madrugada da última terça-feira…
*O inverno amazônico parece que “pegou vento”;
*E segue firme e imprevisível, neste meado de fevereiro.
*As imagens aéreas de algumas regiões, como o Recanto dos Buritis e o Bairro da Paz, são impressionantes!
*Dezenas de casas tomadas pelas águas, após o transbordamento de igarapés próximos, e muitas pessoas desabrigadas.
*Segundo a Defesa Civil, cerca de 900 famílias foram atingidas, em seis bairros de Rio Branco.
*Enquanto isso, oposição e governo continuam a se digladiar, nas redes sociais, para apontar um “culpado” ou uma “desculpa” para os prejuízos ocorridos, após as fortes chuvas.
*Ou é tudo culpa da “má administração” petista;
*Ou de mais um temporal “histórico” que atingiu o Estado inesperadamente.
*Tsc, tsc, tsc.
*Pre-pa-ra, que esta campanha eleitoral promete!
*Entre acusações e lamentos, veio do senador Jorge Viana uma proposta interessante para precaver o Estado, na medida do possível, de situações como estas provocadas pelos fenômenos climáticos.
*JV disse que irá trabalhar para dotar Rio Branco de um sistema de monitoramento e alerta, que ajudaria as autoridades a se anteverem com mais rapidez aos eventos de risco.
*Huuum.
*Mas já não existe isso, não, senador?
*Não de maneira tão profissionalizada e direcionada, explica-me um colega da redação.
*Tá certo, então.
*Seriam bem-vindo.
*Do abelhudo, mas não menos atuante e bem intencionado vereador Roberto Duarte vem outra sugestão pertinente:
*A criação de um “fundo” com recursos próprios do município e repasses estaduais e federais, cujos recursos seriam utilizados, exclusivamente,em obras estruturantes para precaver ou minimizar os impactos das alagações na Capital.
*O que achas, prefeito Marcus Alexandre?
*Ou a próxima dona do bastão, vice-prefeita Socorro Neri?
*São ideias de planejamento importantes a se discutir.
*Enfim…
*E pode chover 100, 200 ou 300 milímetros num dia…
*(Até isso eles discutem agora…Brrr.)
*Água, granizo ou canivete…
*Mas, o pior é que a bandidagem não se intimida, não.
*Em mais um assalto, na madrugada de ontem, em um loja localizada numa galeria, em pleno Centro da cidade, ladrões levaram mais de 40 mil reais em mercadorias…
*E os empresários vão à loucura com a vulnerabilidade total a que estão submetidos.
*Estamos todos, né?!
* “Pode mandar a conta pras facções?”, pergunta um gaiato que passa pela redação.
*Xiiiii.
*Sei de nada, não.
*Tá sofrido, tá de lascar.

Assuntos desta notícia