Gazetinhas - 18-12-2019 - Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 18-12-2019

– Maíra Martinello

*Prepara, que 2019 ainda reserva muitas emoções.

*Muitos abacaxis para o Governo do Estado resolver também.

*Às vésperas de fechar o ano, vem a ameaça agora de intervenção federal nos presídios do Acre;

*A exemplo do que aconteceu, recentemente, no Pará.

*O alerta foi feito pelo Tribunal de Justiça, após um relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apontar diversas irregularidades no sistema prisional local.

*As denúncias foram feitas pelos próprios detentos, em visita do CNJ;

*E segundo fontes de bastidores, provocadas pela juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos, que tem travado vários embates com a cúpula da Segurança, segundo ela devido ao descumprimento de normas legais.

*Entre as denúncias, são apontadas diversas ocorrências de casos de violações de direitos humanos;

*O que, de acordo com o desembargador Júnior Alberto, se confirmadas, justificariam a intervenção federal.

*É grave, gravíssimo.

*Principalmente, conhecendo a realidade do domínio das facções criminosas nos presídios de todo o país, e não diferente no Acre.

*Uma crise desta natureza poderia gerar consequências imprevisíveis na nossa frágil Segurança Pública estadual.

*Com a palavra, o secretário coronel Paulo Cézar.

*Ainda sobre as celeumas judiciais do governo…

*Está marcado para hoje o julgamento no TJ-Acre que irá decidir sobre a constitucionalidade da última votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

*Aquela que foi aprovada antes do recesso de julho, na Aleac, no maior clima paz e amor do governador com os deputados;

*E depois modificada, intempestivamente, pelo Executivo em forte embate com o próprio legislativo.

*Caso o pleno do TJ atenda o pedido de liminar dos deputados da oposição e independentes, os parlamentares terão que voltar do recesso para votar novamente o projeto.

*Aqui entre nós:

*Uma vergonha para a Casa Civil, que conduziu todo o processo.

* “Eles merecem! Eles merecem!”, torce um gaiato que passa pela redação.

*Tsc, tsc, tsc.

*É sem noção que fala?

*Lamentável, grosseira, ridícula, pra dizer o mínimo, a atitude do secretário adjunto de Licitações da Sefaz, Jader Sobrinho, em relação à ex-senadora acreana Marina Silva.

* “Vaca”, comentou ele em uma postagem na rede social, referindo-se à participação dela na COP 25.

*Do ex-governador Binho Marques, amigo de Marina, e cada vez mais atuante (e indignado, com razão) nas redes, veio uma resposta à altura:

* “Precisamos interromper a trajetória desses mísseis desgovernados”.

*E continua:

* “Não podemos aceitar impassíveis, ou tomar como brincadeira, atos como esse, de pessoas que se vangloriam com a própria ignorância, misoginia descarada e bestialidade extrema (não fazendo aqui uma ofensa aos animais)”.

*Óoooi.

*Lúcido e pertinente sob todos os aspectos.

 

Assuntos desta notícia