Gazetinhas – 22-11-2019 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 22-11-2019

*E parece que “deu bom”, na reunião do governador Gladson Cameli com o ministro Paulo Guedes, em Brasília.
*Visivelmente mais tranquilo, menos pressionado pelas diversas cobranças populares e políticas sobre a gestão…
*O governador, novamente, descartou, “oficialmente”, a história do decreto de calamidade financeira.
*Ai ai.
*Tanto barulho por nada.
*E o pior:
*A gente já sabia.
*A partir de agora, se tudo correr conforme prometido, pelo ministro e pelo governador, o Acre terminará 2019 com boas perspectivas de investimentos.
*A notícia é de que o Governo Federal antecipará R$ 150 milhões do Pré-Sal e mais R$ 250 milhões da securitização de créditos, totalizando R$ 400 milhões até o dia 30 de dezembro.
*Os recursos devem ser utilizados para obras de infraestrutura, explicou Gladson.
* “Para gerar emprego e colocar o dinheiro para circular”, enfatizou ele.
*Até que enfim?!
*Bom, é o que todos esperam:
*Dinheiro circulando na economia local.
*Até porque a máquina pública não é nenhuma empresa privada, pra ficar segurando tanto recurso em caixa.
*O que, segundo os entendedores do assunto, é o que foi feito pela atual administração, em praticamente todo este primeiro ano de governo.
*Por inexperiência, falta de planejamento ou excesso de prudência, travou-se tudo.
*E o resultado foi um ano extremamente difícil para grande parte do setor produtivo.
*Sobre o assunto, vale conferir o editorial de hoje do matutino:
* “Um ano perdido”.
*Mas, na onda do otimismo que começa a imperar nessa época do ano…
*Vamos torcer para que 2020 seja um “ano promissor” para os acreanos, como destacou o próprio governador.
*Ainda sobre a agenda na Capital federal…
*Os governadores da Amazônia Legal se reuniram também com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e apresentaram uma petição pedindo a descentralização dos recursos do Fundo da Petrobras.
*O que os governadores querem é que os R$ 430 milhões do fundo sejam repassados diretamente aos estados para preservação da Amazônia;
*Ou seja, sem a necessidade de passar por órgãos do Governo Federal, como estava proposto inicialmente.
*Só pra constar:
*O governador acreano pegou falta na foto oficial dos governadores com os ministros, no STF.
*O Dim não perdoa:
* “Onde estava Wally?”.
*Ah, que língua.
*Que sinistros esses assassinatos do cantor sertanejo, que foi encontrado dentro do carro carbonizado;
*E do presidente do PSOL de Xapuri, morto durante uma disputa de terras, em uma reserva extrativista.
*Parece que voltamos ao noticiário policial das décadas de 80, 90…
*Socorro, coronel Paulo Cézar!
*Tá de lascar.

Assuntos desta notícia