GAZETINHAS – 27-06-2019 – Jornal A Gazeta

GAZETINHAS – 27-06-2019

*Tudo acertado, nada resolvido.
*Assim segue a celeuma entre o governador Gladson Cameli e a deputada Mara Rocha, com o vice Major Rocha no meio.
*Eita pau.
*Embora o vice-governador tenha tentado colocar panos quentes, no início da semana, com postagens fofas em favor do governador e, em seguida, da irmã…
*A gravidade da crise foi, novamente, exposta, ontem, com a dura nota divulgada por Mara, a respeito, segundo ela, dos “ataques” que vem sofrendo por parte de Gladson e do grupo político dele.
*Pense numa mulher braba!
*A deputada citou a divulgação da pesquisa da TV Gazeta, na qual ela aparece em segundo lugar na preferência do eleitor, para a prefeitura de Rio Branco;
*E afirmou que, desde então, tem incomodado “interesses políticos” e despertado a fúria “de muitos”.
*Huuum.
*Foi além, ao criticar o “destempero” do governador, que, segundo ela, a atacou de forma “desrespeitosa” durante todo o final de semana.
*E não poupou a língua ferina no discurso:
* “Não sou eu, Mara Rocha, conhecida por mentir e enganar, por não honrar o que fala e não cumprir as promessas que faz”.
*E quem é que faz isso, deputada?
*Quem? Quem? Quem?
*Enfim…
* “Um melindre desproporcional ou certa arrogância também da, até então, tão doce e humilde jornalista?!”, provoca um gaiato que passa pela redação.
*Talvez.
*Faz parte no comportamento humano, quando se chega rapidamente ao poder, mesmo que por merecimento.
*O fato é que Mara Rocha deixou claro que não se curvará aos interesses do governo, quando enganada ou confrontada de maneira desleal.
*E convenhamos:
*Ela não está errada não nisso.
*A conferir no que vai dar.
*Deputado Jenilson Leite tem se saído um bom oposicionista, com críticas pertinentes, e não apenas na área da Saúde.
*Esta semana, cobrou explicações da secretária Mônica Feres sobre as ações que estão sendo realizadas no setor;
*(Estão?!).
*Denunciou, novamente, a falta de medicamentos e de procedimentos básicos que não estão sendo realizados pelo SUS;
*E mexeu na nova ferida do governo, ao citar a tal empresa Murano, do ramo da construção civil, que estaria ganhando contratos no Estado, por meio das “caronas” em licitações.
*Uma prática, aliás, que, ao que consta, está se tornando usual também em outras secretarias.
*Por que, né?!
*É o que todos empresários locais estão procurando saber.

Assuntos desta notícia