Gazetinhas – 30-11-2019 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 30-11-2019

*Bye, bye, novembro!
*E todo mundo vai entrando naquele clima de confraternizações de final de ano.
*Antes disso, porém, segue a correria para aproveitar o Black Friday.
*Tem dinheiro, leitor?!
*Cri cri cri.
*Depois de um ano difícil, os comerciantes estão apelando pra tudo.
*É promoção de melancia, de peixe, de diária de motel…
*Valei-me!
*O Dim filosofa a respeito:
* “Black Friday é aquela época do ano que você percebe que, nem com desconto, você tem dinheiro pra comprar…”.
*É um sábio.
*Mas, até que o movimento tem sido grande, por exemplo, nas lojas do Via Verde Shopping.
*Pense numa loucura nas filas de espera, com as ofertas lançadas por algumas lojas âncoras!
*Teve gente varando a madrugada pra comprar a televisão dos sonhos.
*Cada um se virando como pode.
*Quem resolveu atacar de Papai Noel, neste dezembro, e realizar os sonhos das criancinhas foi o governador Gladson Cameli.
*Anunciou que atenderá todos os pedidos das cartinhas enviadas aos Correios e distribuirá os presentes pessoalmente.
*Huuum.
*Será que vai rolar uma fantasia vermelha, com barba e tudo?
*Imagine a cena aí…
*Que fofo!
*Brincadeiras e picuinhas políticas à parte, deve ser bem intencionada, sim, a atitude do governador.
*Quem o conhece na vida pessoal sabe que ele adora crianças e que tem um bom coração.
*Só precisa tomar cuidado com a forma de promoção do ato…
*Praticado com fins de proselitismo político, acaba soando como algo apelativo, piegas, soberbo até…
*Enfim.
*270 quilos de cocaína e mais de 450 quilos de maconha…
*É droga, muita droga!
*Mais de 700 quilos de entorpecentes foram incinerados, na manhã de ontem, em uma ação conjunta da Delegacia de Combate ao Narcotráfico, Ministério Público e Vigilância Sanitária.
*O coordenador do Denarc, delegado Pedro Rezende, afirmou que esse trabalho atinge diretamente as facções criminosas…
*Uma vez que é por meio do tráfico de drogas que elas se capitalizam e aumentam o poderio.
*Tá certo ele.
*A estimativa é que essa incineração tenha gerado prejuízo de R$ 8 milhões a esses grupos que atuam no narcotráfico.
*É muito dinheiro também!
*Pena que, no nível em que essas organizações chegaram, essa droga apreendida é apenas a pontinha do iceberg de um submundo muito bem estruturado de ilegalidades, fortíssimo e muito difícil de ser combatido.
*Mas, ponto para as polícias, que, sem recursos, a duras penas, numa guerra desleal, vem lutando para cumprir o seu papel.
*Vamos em frente.

Assuntos desta notícia