GAZETINHAS - 31-07-2019 - Jornal A Gazeta

GAZETINHAS – 31-07-2019

*Wooowooowooo!
*É sirene pra todo lado.
*Terça-feira bafônica na Capital.
*Primeiro, com a repercussão da tentativa de assalto, em frente ao restaurante Jarude, que terminou em tiroteio e na morte de um dos bandidos.
*Que a violência está correndo solta na cidade, sem trégua esem freio, todo mundo está cansado de saber.
*Mas, quando chega tão perto de nós, em locais até então “nobres” e “seguros”, a sensação de insegurança e impotência provoca aquela indignação generalizada.
*Por um lado, um despertar necessário.
*Não somente das autoridades responsáveis, o que seria o óbvio;
*Mas também da sociedade, que precisa se manifestar e cobrar respostas urgentes do Governo do Estado.
*Sete meses já se passaram desde o início da nova gestão…
*Muitas promessas foram feitas.
*Mas, por onde se anda e pelo que se ouve e o que se vê, a situação está se tornando cada vez mais caótica e com consequências imprevisíveis.
*Enquanto isso, em Brasília…
*Governador Gladson Cameli posava ao lado do ministro da Justiça, Sérgio Moro, com mais promessas para a Segurança Pública estadual.
*Conforme anunciado pela assessoria governamental, o ministro liberou R$ 40 milhões em equipamentos, fardamentos, viaturas e munições diversas, que serão repassados dentro de poucos dias ao Acre.
*Um reforço, sem dúvidas, muito bem-vindo e necessário.
*Aliás, a capacidade de articulação do governador tem sido, até então, indiscutível, pelo menos para obter bons recursos junto ao Governo Federal.
*Justamente por isso, o que se questiona, entretanto, é o porquê, em meio a tantos recentes investimentos,de os resultados neste e em outros setores não aparecem.
*Falta gestão e eficiência local para fazer a roda girar?
*Ou será que existe um “cartel” na segurança também, governador?
*Ora, é preciso rever isso aí.
*Mudar a estratégia, trocar quem tiver que ser trocado.
*Não dá pra ficar como está.
*A propósito, sobre as próximas mudanças…
*Dizem as boas línguas que sete (!) secretários estariam na mira da guilhotina de Gladson.
*Nomes até então poderosos, mas que inflaram demais o ego, em tão pouco tempo de governo.
* “O único com permanência garantida é o chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade. Ele tem a confiança pessoal do governador”, revela uma fonte ligada ao gabinete civil.
*Tá dito.
*E o jatinho, hein?
* “Não é ilegal, mas é imoral!”, descatitou o deputado Roberto Duarte…
*E continuou:
* “O governador está enrolando!”, sobre o prometido cancelamento da licitação.
*Só disse verdades.
*A conferir no que vai dar.

Assuntos desta notícia