Gladson Cameli desmente rumores de que Gehlen Diniz não seria mais líder do governo na Aleac – Jornal A Gazeta

Gladson Cameli desmente rumores de que Gehlen Diniz não seria mais líder do governo na Aleac

FOTO/ ACERVO PROGRESSISTAS

“São apenas boatos. Até hoje ele está no cargo”. A fala é do governador Gladson Cameli (PP) ao desmentir os rumores de que o deputado estadual Gehlen Diniz (PP) não seria mais o líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre.

Os rumores sobre “demissão” de Gehlen ocorreu depois de suposta insatisfação por parte dos deputados estaduais com a forma como Diniz tem conduzido os trabalhos na Casa Legislativa. Sob a liderança de Diniz, o governo de Gladson Cameli foi derrotado por 22 votos na indicação da presidência da Ageac, apesar da ampla maioria da Casa, e assiste, contra sua vontade, a instauração de uma CPI para apurar abusos da Energisa na cobrança de energia no Acre.

O nome do deputado Luis Tchê (PDT) chegou a ser “anunciado” como possível substituto.

Em nota, Gehlen se pronunciou sobre o assunto. Disse que, independente da liderança do governo, continuará ajudando a gestão da melhor forma possível.

O progressista disse ainda que conversou com Gladson sobre a essa possibilidade e teve a garantia que não ocorreria. “Ante ao aumento de publicações nesse sentido, contactei o Governador hoje pela manhã e falei a respeito dessas notícias (…) me respondeu que: ‘Não falei sobre esse assunto com ninguém, e não tenho motivos para isso’”, diz trecho da nota.

Veja a nota:

Tenho observado a reiterada publicação de notícias nesse sentido, dando conta de uma possível substituição na liderança do governo na ALEAC.

Àqueles que me perguntam, respondo que, atualmente sou líder do governo a convite do governador, e no momento que o Governador entender que eu já não desempenho esse papel da forma que ele espera, ele tem todo direito de me substituir.

Sempre deixo claro também que o exercício da liderança antes de ser um bônus, é um ônus, que demanda muito trabalho, desgaste e exposição.

Contudo, ante ao aumento de publicações nesse sentido, contactei o Governador hoje pela manhã e falei a respeito dessas notícias, e que caso fosse da vontade dele me substituir na liderança na ALEAC, para mim não haveria problema, continuaria ajudando da melhor forma possível o governo.

O Governador me respondeu que: “Não falei sobre esse assunto com ninguém, e não tenho motivos para isso”.

Então, continuarei exercendo essa função enquanto for da vontade do governador!

Deputado Ghelen Diniz

Assuntos desta notícia