Gladson Cameli diz que guerra de egos entre secretários tem prejudicado o governo – Jornal A Gazeta

Gladson Cameli diz que guerra de egos entre secretários tem prejudicado o governo

A cada ida de Gladson Cameli ao Programa Fale com o Governador, na rádio pública Aldeia FM 96,9, uma nova polêmica é lançada aos ouvintes. Depois de ele levantar a hipótese de cartel na Saúde e da máfia na distribuição de água pelo Depasa, Gladson afirmou haver um complô para que o seu governo não funcione.

Ele disse que o fogo amigo parte de aliados e deixou claro a existência de disputa interna no governo. O governador acreano lamentou a existência de tudo isso, mas não evidenciou quais medidas vão ser tomadas para acalmar os levantes internos.

“O meu grande desafio é o ego das pessoas que trabalham no governo. É secretário querendo ser mais que o governador. É um que não fala com outro. É um querendo tirar o tapete do outro. Pra quê isso, rapaz? Ninguém é melhor do que ninguém, não. Fica tipo complô para que as coisas não funcionem. Não é só na área de Saúde. É em outras áreas também. Tenho feito apelos e pedido para que todos trabalhem para que dê certo”, disse Cameli.

Ao final, Gladson Cameli fez um pedido aos secretários para que olhem para si e se autoavaliem. “Se não estivermos juntos e ter humildade, não tem como avançar. Ficar nessa disputa pequena não dá. Vamos parar com o ego”, lembrou ele.

Enquanto Gladson sofre com a oposição de aliados dentro do Palácio Rio Branco, na Aleac, a verdadeira oposição estuda mecanismos de massificar a cobrança das ações do governo neste segundo semestre. A partir de agosto, o governo terá trabalho e poderá sofrer além dos ataques internos com os questionamentos dos parlamentares de oposição.

Assuntos desta notícia