Jornal A Gazeta

Governo transfere feriado do Dia da Mulher para sexta-feira, dia 9

 

O Governo do Estado e a Prefeitura de Rio Branco transferiram o feriado do Dia Internacional da Mulher, que ocorre nesta quinta-feira, 8, para sexta-feira, 9. Por isso, é preciso ficar atento aos horários especiais de funcionamento de órgãos públicos, bancos e comércio em geral.

O atendimento nas repartições públicas estaduais serão suspensos na sexta-feira, 9, e as atividades retornam na segunda-feira,  12. O mesmo vale para o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AC) e para a Central de Serviço Público (OCA).

O atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), Hospital de Urgência e Emergência (Huerb), delegacias e da Polícia Militar do Acre funcionam normalmente.

Serviços bancários – As agências bancárias irão acompanhar o calendário do governo, funcionando até quinta-feira, 8. O atendimento é normalizado na segunda, 12, segundo o Sindicato dos Bancários do Acre (Seeb/AC).

Correios – As agências dos Correios também não irão funcionar na sexta, 9. O atendimento volta na segunda, 12, das 8h às 16h.

Tribunal de Justiça – O Tribunal de Justiça do Acre também transferiu o feriado alusivo ao Dia Internacional da Mulher, comemorado na quinta, 8, para sexta-feira, 9, seguindo o calendário de feriados e pontos facultativos do Poder Judiciário do Acre.

A transferência leva em consideração os termos da Lei nº 2.126/2009. E nesse dia não haverá expediente nas unidades judiciárias e administrativas, salvo em Regime de Plantão. Na ocasião, os serviços funcionam no período compreendido das 7h às 18h e das 18h às 7h do dia seguinte, em regime de sobreaviso.

Comércio – Segundo a Associação Comercial do Acre (Acisa), o comércio deve funcionar normalmente na quinta e sexta-feira, 8 e 9, respectivamente. Segundo o presidente da Acisa, Celestino Bento, o feriado é ponto facultativo e o funcionamento ou não das lojas fica a critério de cada comerciante.

“O comércio funciona normalmente. Os bancos e algumas repartições vão fechar, mas o comércio de modo geral funciona normalmente, porque não é obrigatório fechar nesta data”.