Homem que estava na companhia de idoso que desapareceu em rio vai ser interrogado – Jornal A Gazeta

Homem que estava na companhia de idoso que desapareceu em rio vai ser interrogado

O pescador Francisco de Souza, de 65 anos, continua desaparecido no Rio Japiim, em Mâncio Lima. Ele desapareceu durante uma pescaria após sair com um amigo na quinta-feira, 10. A Polícia Civil vai interrogar o homem que esteve na companhia de Souza.

Nesta quarta-feira, 16, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local onde foram encontrados a canoa e utensílios do pescador e também fez novos mergulhos para tentar encontrar o corpo, mas não conseguiu encontrar o idoso.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, capitão Rômulo Barros, é difícil fazer buscas aleatórias, sem saber se realmente houve o afogamento do idoso e se teria ocorrido a fatalidade. Ele diz que é preciso de informações mais concretas do exato local para realizar os mergulhos.

“Nas buscas não tivemos nem sinal do pescador. Agora, as buscas só podem ser retomadas se tiver alguma indicação do inquérito que possa sinalizar uma pista. Estamos aguardando investigação policial para indicar informações mais concretas que possam facilitar as buscas”, informou Barros, que disse que o Corpo de Bombeiros vai manter o contato constante com a família para apurar novas informações que possam levar ao pescador.

O delegado Alexnaldo Batista afirmou que foi aberto um processo de investigação para apurar o caso. Segundo ele, o amigo que teria saído com o idoso para pescar e retornou no mesmo dia já foi localizado e teria informado que o idoso se afogou.

“Já localizamos e já marcamos com ele uma audiência. No momento ele está em um ramal, mas ele já vai se apresentar. Nada está descartado, mas pela postura que ele tomou de procurar e informar, de ter sido o comunicante, ter mostrado o local, pode ser que realmente tenha sido afogamento. Ainda não ouvimos porque acreditávamos que o corpo seria encontrado, mas já marcamos para interrogá-lo”, disse o delegado. (Mazinho Rogério / Do G1 AC)

Assuntos desta notícia