Líder do governo destaca candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República pelo PT – Jornal A Gazeta

Líder do governo destaca candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República pelo PT

O deputado estadual Daniel Zen (PT) destacou na sessão de ontem, 12, na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República no lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A troca se deu devido à impugnação do registro de candidatura de Lula pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após ser declarado ficha suja. O fato ocorreu no dia 31 de agosto.

Zen pontuou que está confiante na vitória da nova chapa, que ainda conta com Manuela D’Ávila (PCdoB) como vice do petista. “Quero parabenizar a executiva nacional do PT por esse belíssimo anúncio, que talvez seja um dos mais importantes da história do nosso partido. Estou muito confiante com essa chapa. Haddad e Manuela D’Ávila são pessoas sérias e muito competentes. Estamos muito bem representados”, disse.

O líder do governo lembrou, também, que durante o período em que foi secretário de Educação do Estado, Fernando Haddad estava à frente do Ministério da Educação. Nesse sentido, destacou o trabalho realizado pelo gestor.

“Ele foi meu ministro da Educação e, na época em que fui secretário, por diversas vezes estivemos juntos. Haddad sempre se mostrou muito solícito. Foi o ministro que criou o Enem, o Fies e o Prouni. Ainda como ministro, ele expandiu a rede de universidades federais e ampliou a quantidade de escolas técnicas”, disse.

Falou, ainda, sobre a atuação de Haddad na Prefeitura de São Paulo. “Como prefeito de São Paulo, ele intensificou o trabalho público do metrô, bem como as políticas de urbanismo. Haddad tem um currículo brilhante. Ele irá substituir o ex-presidente Lula com muita dignidade e competência”, frisou.

Por fim, referiu-se a última pesquisa de intenção de votos na qual apontou o crescimento do petista na disputa à Presidência da República. “Desde que foi anunciado como novo candidato à presidência pelo PT, Haddad já cresceu cinco pontos percentuais. Saltou de quatro para nove pontos. A partir da consolidação dessa chapa teremos sem dúvida um crescimento absurdo. Iremos sem dúvida garantir a disputa no segundo turno e venceremos essas eleições. Nós teremos um país feliz novamente, voltado principalmente para os mais pobres”.

Assuntos desta notícia