Moro sabe onde fica o Acre? – Jornal A Gazeta

Moro sabe onde fica o Acre?

Na longa entrevista que concedeu anteontem, o futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, juiz Sérgio Moro, adiantou que suas duas prioridades serão o combate à corrupção e ao crime organizado. Até ai tudo bem, nada a opor.

Sobre o combate à corrupção, a sociedade espera que ele reveja e mude seus critérios usados na decantada Operação Lava Jato – critérios esses denunciados como seletivos e até partidários que lhe valeram, segundo alguns analistas, o “prêmio” de sua indicação para ministro do futuro Governo.

Contudo, essa questão já foi exaustivamente debatida, denunciada pela imprensa internacional e por organismos como ONU. O que interessa, no caso, são suas análises sobre o combate ao crime organizado e o que chamou atenção é que em nenhum momento ele abordou a questão em sua abrangência.

Ou seja, ou esqueceu ou desconhece que o crime organizado no país começou e se expandiu com o narcotráfico e o contrabando de armas por encontrar as fronteiras completamente desguarnecidas por irresponsabilidade criminosa do Governo Federal.

Como também, em nenhum momento, abordou a migração que esses grupos ou facções fizeram e continuam fazendo, chegando aos estados da região Norte e Nordeste, exatamente, por encontrarem as facilidades ao acesso ao tráfico de drogas e o contrabando de armas, aumentando os índices de criminalidade nesses estados.

Seguidamente, fazendo ponte aérea entre Curitiba e os Estados Unidos, com certeza o juiz não sabe onde fica o Acre, Rondônia e outros estados, mas quem sabe agora ele aprenda.

Assuntos desta notícia